Foto: Eduardo Ferreira ‚ um dos destaques da 85cc

Curitiba sedia final do Brasileiro de Motocross

Foto: Eduardo Ferreira ‚ um dos destaques da 85cc

Foto: Eduardo Ferreira ‚ um dos destaques da 85cc

Capital paranaense ser  palco de momentos decisivos nos dias 4 e 5 de novembro e ainda ganhar  uma pista para a pr tica da modalidade

SÆo Paulo (SP) – Curitiba, capital paranaense, recebeu duas boas not¡cias relacionadas ao motociclismo. A primeira ‚ que ser  palco da grande final do Campeonato Brasileiro de Motocross, marcada para os dias 4 e 5 de novembro, anteriormente programada para Caldas Novas, em Goi s. E a segunda ‚ que a pista que est  sendo constru¡da para abrigar o evento, no Marumbi Expocenter, regiÆo central da cidade, ser  mantida para treinos e para a realiza‡Æo de outros campeonatos da modalidade.

Esta ser  a primeira vez na temporada que uma capital recebe o Brasileiro de Motocross. A competi‡Æo teve in¡cio em Indaiatuba (SP) e passou por Carlos Barbosa (RS), Canelinha (SC), Cachoeiro de Itapemirim (ES), Cianorte (PR), Santa Luzia (MG) e Coxim (MS). Por isso, a expectativa em Curitiba j  ‚ gra nde. “Todos estÆo muito animados e empenhados em realizar este trabalho. A regiÆo da prova ‚ central, com f cil acesso ao p£blico. Temos tudo para realizar um evento fant stico”, comentou Gilberto Rosa, presidente da Federa‡Æo de Motociclismo do Paran . Os ingressos para as corridas custarÆo 10 reais (veja a programa‡Æo completa abaixo).

Pilotos da casa – Na pista, Curitiba ter  um representante com boas chances de faturar o t¡tulo da categoria MX2. Leandro Nunes da Silva est  na lideran‡a com 146 pontos, 19 a mais que o rival Marcello Ferreira de Lima “Ratinho”, de SÆo Paulo.

O clima tamb‚m ser  decisivo nas categorias menores. O mato-grossense Cezar Zamboni (110 pontos) e o paranaense Everaldo Rodrigues (105) estÆo na frente na 65cc, sendo que, na 85cc, os destaques sÆo os paulistas Eduardo Ferreira de Lima (134) e Rodrigo Rodrigues (127). Na MX1 e MX3, os catarinenses JoÆo Paulino “Marronzinho” e Milton Becker “Chumbinho” j  garantiram os respectivos t¡tulos.

Dia 4/11 – Treinos Livres MX3 – das 9h30 …s 9h55
85cc – das 10h05 …s 10h25
65cc – das 10h35 …s 10h55
MX2 – das 11h05 …s 11h30
MX1 – das 11h40 …s 12h05

Treinos Cronometrados – MX3 – das13h20 …s 13h50
85cc – das 14h …s 14h20
65cc – das 14h30 …s 14h50
MX2 – das 15h …s 15h30
MX1 – das 15h40 …s 16h10

Dia 5/11 – Treinos de largada / Warm Up
MX3 – das 9h …s 9h13
85cc – das 9h20 …s 9h33
65cc – das 9h40 …s 9h53
MX2 – das 10h …s 10h13
MX1 – das 10h20 …s 10h33

Baterias – MX3 – 11h30 (30 minutos mais duas voltas)
65cc – 12h20 (15 minutos mais duas voltas)
85cc – 13h (20 minutos mais duas voltas)
MX2 – 13h50 (30 minutos mais duas voltas)
MX1 – 14h40 (30 minutos mais duas voltas)