Marc Coma está a apenas 3 minutos do líder Joan Barreda - crédito da foto: DPPI/Organização Dakar

Dakar 2014: quarta etapa

JOAN BARREDA mantém liderança nas motos após a  quarta etapa.

Espanhol possui pouco mais de três minutos de vantagem para o segundo colocado Marc Coma

Juan Pedrero Garcia (Sherco) surpreende a todos e vence a 4ª etapa do Dakar 2014 - foto de divulgação do piloto

Juan Pedrero Garcia (Sherco) surpreende a todos e vence a 4ª etapa do Dakar 2014 - foto de divulgação do piloto

Atenção e muita cautela entre os pilotos das motos no Dakar 2014, que finalizaram nesta quarta-feira (8) a segunda parte da etapa maratona, na qual os competidores não podem ter assistência das equipes na manutenção dos equipamentos. O espanhol Joan Barreda (Team HRC) manteve a liderança no acumulado da categoria ao completar o trecho cronometrado do dia, de San Juan a Chilecito, na Argentina, na sexta posição. Agora, o piloto Honda possui pouco mais de três minutos de vantagem para o segundo colocado Marc Coma (KTM),que acabou em terceiro. A vitória na especial de 352 quilômetros ficou com o também competidor da Espanha Juan Pedrero Garcia, que chegou 29 segundos na frente do chileno Chaleco Lopez.

Marc Coma está a apenas 3 minutos do líder Joan Barreda - crédito da foto: DPPI/Organização Dakar

Marc Coma está a apenas 3 minutos do líder Joan Barreda - crédito da foto: DPPI/Organização Dakar

Já o brasileiro Dário Júlio precisou se superar para finalizar a quarta especial. Para ele, foi a mais complicada até agora do Dakar. “Sem dúvida. Foi a etapa mais difícil. Nem sei como consegui terminar. Errei em uma parte e percorri 12 km a mais. Além disso, caí em um atoleiro, o que fez do meu dia ainda mais tumultuado. O espírito do Dakar é esse, um desafio que exige habilidade e muita cabeça para enfrentar qualquer adversidade”, afirma o estreante na prova. O grande esforço do mineiro de Lavras valeu à pena, ele finalizou o dia em 22º lugar e segue na 17ª colocação do acumulado.

 

Dário Júlio é o brasileiro melhor colocado, ocupando a 22ª colocação na classificação geral - foto de Victor Eleutério

Dário Júlio é o brasileiro melhor colocado, ocupando a 17ª colocação na classificação geral; Jean Azevedo teve problemas mecânicos e não completou a etapa - foto de Victor Eleutério

Jean Azevedo teve problemas com o guia da corrente da moto e não completou o dia. O paulista sofrerá penalizações, porém continua na competição. “Vinha andando muito bem e fiz várias ultrapassagens. É uma pena não conseguir terminar a etapa, o que me tira a chance de um bom resultado na classificação geral. Agora é fazer todos ajustes necessários e tentar fazer bem os próximos dias”, diz o piloto de São José dos Campos (SP).

Um dos destaques da quarta etapa do Dakar foi o desempenho da espanhola Laia Sanz. A piloto completou o trecho cronometrado na 20ª posição. Ela é a 18ª colocada no geral.

Resumo da 4ª etapa
Percurso: San Juan (AR) a Chilecito (AR)
Deslocamento: 210 km
Especial: 353 km
Total: 563 km

Mapa da quarta etapa do Dakar 2014

Mapa da quarta etapa do Dakar 2014

Resultado da 4ª etapa – Motos
1º Juan Pedrero Garcia #23 (Sherco) 5h29min13s
2º Chaleco Lopez #5 (KTM) +29s
3º Marc Coma #2 (KTM) +3min10s
4º Jeremias Israel Esquerre #38 (Speedbrain) +6min30s
5º Olivier Pain #6 (Yamaha) +7min01s
22º Dário Júlio #37 (Honda) +57min30s

Resultado acumulado após quatro etapas – Motos
1º Joan Barreda #3 (Honda) 15h39min53s
2º Marc Coma #2 (KTM) +3min10s
3º Chaleco Lopez #5 (KTM) +5min12s
4º Alain Duclos #22 (Sherco) +25min55s
5º Olivier Pain #6 (Yamaha) +29min38s
17º Dário Júlio #37 (Honda) +2h2min39s

Programação do Rally Dakar 2014

Programação do Rally Dakar 2014

Como será a quinta etapa, quinta-feira (8/1)
Após dois dias de corrida com percursos completamente separados (motos/quadris e carros/caminhões), todos irão se reunir para encarar a etapa mais longa do rali. Eles terão que ser extremamente resistentes para superar estes dois trechos da etapa especial que apresentará basicamente areia. Durante todo o dia, os competidores avançarão sobre trechos off-road: aqueles que tiverem avaliado mal os limites de seus motores estarão constantemente à beira do super aquecimento, ainda mais que as temperaturas da região são geralmente muito altas. No acampamento em Tucumán, os candidatos ao pódio terão sido reduzidos a um grupo seleto, já que muitos deles não farão mais parte do grupo de elite. Para muitos outros, seus percalços mecânicos e em relação aos seus tempos se tornarão aparentes apenas no meio da noite.

Resumo da 4ª etapa
Percurso: Chilecito (AR) a Tucumán (AR)
Deslocamento: 384 km
Especial: 527 km
Total: 911 km

Roteiro do Rally Dakar 2014

Roteiro do Rally Dakar 2014