Joan Barreda Bort foi segundo na etapa na quarta etapa e lidera a competição (Foto: DPPI)

Dakar 2017, 4º dia: Toby Price fora e Barreda lidera

A quarta etapa do Rally Dakar foi demolidora para vários pilotos considerados favoritos nos carros e nas motos também. Nas motos, o atual campeão da prova, Toby Price (KTM #1) sofreu uma queda em alta velocidade e teve uma fratura na perna esquerda, o que lhe tira da prova deste ano. Seu companheiro de equipe, Matthias Walkner (KTM #16), assumiu a função de derrubar a frieza e a habilidade do espanhol Joan Barreda Bort (Honda #11), que cedeu a vitória no finalzinho do trecho especial de mais de 400 km para Walkner.

Joan Barreda Bort foi segundo na quarta etapa e lidera a competição (Foto: DPPI)

Joan Barreda Bort foi segundo na quarta etapa e lidera a competição (Foto: DPPI)

Os pilotos entraram hoje (5/1) nos altiplanos da Bolívia, a segunda região mais alta do mundo depois do Tibet, onde as belíssimas paisagens se encontram entre os 3.500 e 4.500 metros de altitude. Aliás, as próximas 4 etapas serão nesta região, o que serve para ir minando, pouco a pouco, as forças dos guerreiros. Foi neste cenário com muita variação de altitude e clima, que Barreda mostrou sua capacidade de ser regular para terminar em 2º lugar, apenas 2 minutos atrás do austríaco da KTM, que marca assim sua segunda vitória em etapas do Dakar.

Walkner assumiu a liderança da etapa no final da especial (Foto: Flavien Duhamell - Red Bulll Content Pool)

Walkner assumiu a liderança da etapa no final da especial (Foto: Flavien Duhamell – Red Bulll Content Pool)

Na sequência desta 4ª etapa do Rally Dakar 2017 na categoria Motos chegaram Michael Metge (Honda #15), Xavier De Soultrait (Yamaha #23), Stefan Svitko (KTM #2), Pablo Quintanilla (Husqvarna #3), Gerard Farres Guell (KTM #8), Pierre Alexandre Renet (Husqvarna #31), Franco Caimi (Honda #67) e Adrien Van Bereven (Yamaha #6).
Dois dos três brasileiros se mantiveram no meio do pelotão, com Richard Fliter (Honda #159) terminando a etapa na 68ª posição e Ricardo Martins (Yamaha #164) na 70ª posição. Gregório Caselani (Honda #158) teve mais problemas e terminou na 102ª posição. A classificação geral não estava atualizada até o fechamento desta reportagem, às 21:00 horas.

Price: fim do sonho de mais uma vitória (Foto: Flavien Duhamel - Red Bull Content Pool)

Price: fim do sonho de mais uma vitória (Foto: Flavien Duhamel – Red Bull Content Pool)

Para saber como foram as etapas anteriores, clique: Etapa 1 / Etapa 2 / Etapa 3

Classificação Dakar 2017 – 4ª etapa / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 16 Matthias Walkner Austria KTM
2 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
3 15 Michael Metge França Honda
4 23 Xavier De Soultrait França Yamaha
5 2 Stefan Svitko Eslováquia KTM
6 3 Pablo Quintanilla Chile Husqvarna
7 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
8 31 Pierre Alexandre Renet França Husqvarna
9 67 Franco Caimi Argentina Honda
10 6 Adrien Van Bereven França Yamaha
68 159 Richard Fliter Brasil Honda
70 164 Ricardo Martins Yamaha
102 158 Gregorio Caselani Honda

Classificação Dakar 2017 – Geral / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
2 3 Pablo Quintanilla Chile Husqvarna
3 16 Matthias Walkner Austria KTM
4 2 Stefan Svitko Eslováquia KTM
5 14 Sam Sunderland Inglaterra KTM
6 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
7 9 Ricky Brabec EUA Honda
8 6 Adrien Van Bereven França Yamaha
9 15 Michael Metge França Honda
10 17 Paulo Gonçalves Portugal Honda
64 159 Richard Fliter Brasil Yamaha
74 164 Ricardo Martins Honda
102 158 Gregório Caselani Honda

dakar-pronto



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.