rally-dakar-2

Dakar 2017, 7º dia: Ricky Brabec é o 6º vencedor diferente

O americano Ricky Brabec (Honda #9) é o sexto piloto diferente a vencer uma etapa do Rally Dakar 2017, em seis disputadas. O piloto da do Monster Energy Honda Team faturou o primeiro lugar na sétimo etapa da competição (a 6ª etapa foi cancelada devido ao mau tempo), indo da capital boliviana La Paz até Uyuni, num total de 622 quilômetros, dos quais 322 de especial cronometrada. Na sua cola, com menos de dois minutos de diferença, chegou o companheiro de equipe Paulo Gonçalves (Honda #17).

Brabec é o sexto vencedor em seis etapas do Dakar  (Foto: Fredericle Floch)

Brabec é o sexto vencedor em seis etapas do Dakar (Foto: Fredericle Floch)

Esta é a segunda temporada de Brabec no Rally Dakar, sendo que no ano passado ele encerrou na nona colocação. Com a vitória, o americano de 25 anos passou para o 13º lugar na classificação geral, ainda liderada por Sam Sunderland (Red Bull KTM Factory Team, #14), que concluiu esta etapa na terceira colocação, quatro minutos atrás do vencedor. Ao longo dos 622 quilômetros, os pilotos tiveram de enfrentar desafios adicionais, como o ar rarefeito na altíssima La Paz e a aridez na região de Uyuni.

O Rally Dakar agora entra na segunda metade e com um vencedor diferente em cada etapa, a prova se mostra ainda mais eletrizante. Mesmo sem o favorito, a KTM continua com três motos no “top 5″ da classificação geral, pilotadas por Sunderland (1º colocado), Gerard Farres Guell (Himoinsa Dakar Team, KTM, #8) 4º colocado e Matthias Walkner (Rer Bull KTM Factory Team, #16) 5º colocado. Em segundo está Pablo Quintanilla (Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing, #3) e em terceiro, Adrien Van Beveren (Yamalube Yamaha Official Rally Team, #6).

Sunderland chegou em terceiro na sétima etapa, o que o manteve na liderança geral do Dakar 2017 (Foto: Florent Gooden)

Sunderland chegou em terceiro na sétima etapa, o que o manteve na liderança geral do Dakar 2017 (Foto: Florent Gooden)

Brasileiros no Dakar 2017

Os brasileiros também concluíram a etapa no meio do pelotão. Ricardo Martins (Yamaha #164) foi o 51º, enquanto Richard Fliter (Honda #159), o 77º. Gregorio Caselani (Honda #158) abandonou a competição ontem em função de um processo inflamatório causado por espinhos de cactos, nos quais o piloto caíra na 3ª etapa do Dakar. Apesar de terem terminado na 5ª posição nesta 7ª etapa do Rally Dakar na categoria UTVs, os brasileiros Leandro Torres e Lourival Roldan (Polaris #351) se mantiveram na liderança da competição na classificação geral.

A próxima e oitava etapa do Dakar 2017 inicia em Uyuni, ainda na Bolívia, e vai até Salta (Argentina), e percorrerá 892 km sendo 492 km cronometrados, configurando a segunda mais extensa da competição. Os pilotos começam a deixar o frio e a chuva dos altiplanos bolivianos e entrarão na região dos salares na Argentina. Haja motor e braço!

Para saber como foram as etapas anteriores, clique: Etapa 1 / Etapa 2 / Etapa 3 / Etapa4 / Etapa 5 / Etapa 6

Classificação Dakar 2017 – 7ª etapa / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 9 Ricky Brabec EUA Honda
2 17 Paulo Gonçalves Portugal Honda
3 14 Sam Sunderland Inglaterra KTM
4 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
5 15 Michael Metge França Honda
6 79 Todd Smith Australia KTM
7 16 Matthias Walkner Austria KTM
8 3 Pablo Quintanilla Chile Husqvarna
9 6 Adrien Van Bereven França Yamaha
10 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
51 164 Ricardo Martins Brasil Yamaha
77 159 Richard Fliter Honda

Classificação Dakar 2017 – Geral / MOTOS

P

#

Nome

País

Marca

1 14 Sam Sunderland Inglaterra KTM
2 3 Pablo Quintanilla Chile Husqvarna
3 6 Adrien Van Bereven França Yamaha
4 8 Gerard Farres Guell Espanha KTM
5 16 Matthias Walkner Austria KTM
6 23 Xavier De Soutrait França Yamaha
7 31 Pierre Alexandre Renet França Husqvarna
8 17 Paulo Gonçalves Portugal Honda
9 11 Joan Barreda Bort Espanha Honda
10 34 Diego Martin Duplessis Argentina KTM
59 164 Ricardo Martins Brasil Yamaha
63 159 Richard Fliter Honda

dakar separador



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.