Dakar- Jean Azevedo pilotará KTM semi-oficial de fábrica

A equipe Petrobras Lubrax se prepara para a 17¦ participa‡Æo consecutiva no Rally Paris-Dakar, de 1o a 18 de janeiro de 2004, entre Clermont Ferrand, na Fran‡a, e Dakar, no Senegal.

Formada pelos pilotos Andr‚ Azevedo, nos caminhäes, Jean Azevedo, nas motos, e Klever Kolberg e Lourival Roldan nos carros, o time brasileiro tentar  repetir ou superar a fa‡anha da edi‡Æo 2003, quando conquistou o p¢dio simultƒneo em carros, motos e caminhäes. A equipe ‚ a £nica do mundo competindo em todas as categorias. A apresenta‡Æo oficial da equipe foi feita nesta ter‡a-feira em SÆo Paulo.

A conquista do excelente resultado no Dakar 2003, quando garantiu o bicampeonato na categoria Production e o quinto lugar na classifica‡Æo geral, rendeu a Jean Azevedo o reconhecimento da f brica KTM. Ele foi um dos 10 pilotos selecionados em todo o mundo para correr em 2004 com uma moto KTM semi-oficial, de 700 cilindradas.

O novo equipamento permitir  ao piloto brigar por melhores posi‡äes e at‚ lutar por resultado in‚dito para o Brasil no maior rali do mundo. Outra novidade ‚ que com este equipamento, Jean estar  correndo na categoria Super Production, para os prot¢tipos, onde a prepara‡Æo e manuten‡Æo sÆo quase ilimitadas, permitindo at‚ a substitui‡Æo de motor durante a prova.

A f brica da KTM, na µustria, vai fornecer … equipe Petrobras Lubrax um kit com uma moto 660, evolu‡Æo do modelo utilizado em janeiro de 2003, com o novo motor de 700 cilindradas e suspensÆo traseira especial, idˆnticos aos que pilotos oficiais da KTM utilizaram no Dakar passado, inclusive o Francˆs Richard Sainct, vencedor de 2003 e tricampeÆo da prova.

Para pilotar num ritmo mais forte e agressivo, Jean est  fazendo intenso programa de condicionamento f¡sico e treinamento para alcan‡ar o alto desempenho e o n¡vel de concentra‡Æo. A nova moto de Jean Azevedo tamb‚m exigiu o desenvolvimento de alguns componentes para suportar a potˆncia maior da KTM 700, como os pneus. A Pirelli montou um programa de treinos e testes no deserto do Atacama, no Chile.

Durante duas semanas Jean ir  simular as mesmas condi‡äes de piso, como areia, pedras e terra, encontradas no deserto da µfrica. A Petrobras tamb‚m desenvolveu um combust¡vel especial, idˆntico ao que ‚ utilizado durante o Dakar.

A Equipe Petrobras Lubrax tem patroc¡nio da Petrobras, Petrobras Distribuidora, Mitsubishi Motors do Brasil, Pirelli, e apoio da Minoica Global Logistics, Banco DaimlerChrysler, Controlsat Monitoramento Via Sat‚lite, Eurofarma, IBM, Planac Inform tica, Mitsubishi Koala, Nera Telecomunica‡äes, Telenor Satellite Services AS, Kaerre, Capacetes Bieffe, Lico Motorsports, Artfix, Adventure Gears, Kodak Professional, Mercedes-Benz Caminhäes, ZF do Brasil, Behr, Sadia e Dakar Promo‡äes.