Danilo Andric vence a segunda etapa do SuperBike Brasil, mas Pedrosa continua líder

De ponta a ponta, Danilo Andric Silva, da Amazônia Ambiental, venceu a segunda etapa do Pirelli Mobil SuperBike realizada no autódromo José Carlos Pace, em São Paulo, domingo, 27.

Depois de ter batido o recorde da pista nas classificatórias de ontem, o piloto largou bem e sustentou a ponta durante toda a corrida. As 15 voltas, contudo, foram bem disputadas e a vitória poderia ter ficado com qualquer um dos cinco primeiros colocados. Subiram ao pódio da prova, que vale pontos para o SBK Series Brasil, Alecsandre Doca, da Bardahl, Heber Pedrosa, da Spiga Racing, que venceu a primeira etapa e lidera o torneio, Bruno Corano, da Suzuki Máxima, e José Luiz, da Cachorrão Racing Team.

Por duas vezes, a corrida ficou em bandeira amarela em decorrência de acidentes. Com as relargadas, as disputas por posição se intensificaram. Heber Pedrosa, que pulou para vice-liderança na largada, caiu para terceiro depois das interrupções.

A presença maciça do público também chamou a atenção dos pilotos. Mais de 18 mil pessoas compareceram ao evento no final de semana. “Nunca tinha visto tanta gente assim no Brasil para uma corrida desta categoria”, declarou o vencedor da etapa, Danilo Andric.

Categoria Pro AM
Em uma corrida disputada do começo ao fim, Fabio Adas, da Original Motorcycle, com o tempo total de 30:50.262, venceu a segunda etapa da SuperBike Pro AM. Subiram ao pódio os pilotos Ivan Barros, da Suzuki Máxima, Fernando Momilheiro, da MBR Metal Tecno Sul, e Michel Dacar, Oficina Racing One.

Categoria Master
Decididas nas últimas voltas, a categoria Master teve vitória de Paulo Amaral, o Paulinho, da Suzuki Maxima. Em segundo lugar, Ricardo Gornati chegou a poucos centésimos atrás do líder. Marcelo Borja, da Cadco S/A, ficou em terceiro e Levy Mendes fechou, em quarto, a categoria.

Categoria Kawasaki Ninja 250cc
Na primeira corrida do dia, Gustavo Carreira sobrou na pista. Além de vencer, o piloto da Stop Aço fez a melhor volta da prova, 2:06.540, e chegou nove segundos à frente do segundo colocado, Bruno Caldas, da BRC Escapamentos. Também fizeram parte do pódio Maurício Prado, da Lalo Motors, Denisio Casarinio, da Cassarini, e André Luis Paiato, da Contabilidade Cosel. Apesar de fazer uma corrida quase perfeita, Carreira teve problemas com a moto durante a classificatória e teve que substitui-la. “A equipe conseguiu trabalhar bem e o acerto aconteceu mais rápido que eu imaginava”, falou o piloto, ainda fazendo festa, após a vitória.

Categoria Kawasaki Ninja Ligth
Terceiro na classificação geral, mas primeiro lugar em sua categoria, Maurício Prado, da Lalo Motor, conseguiu um ótimo desempenho na tarde de domingo. Realizando uma boa corrida, Denisio Casarini, da equipe Casarini, chegou a apenas dois centésimos de segundo do líder. Completaram o pódio André Luis Paiato, Alex Shultz, da Cormag Kavazaki, e Rafael Micheleti, da Bras Press.

Categoria 600 cc
Demonstrando toda sua superioridade na categoria 600 cc, Marcos Nishimoto venceu sem dificuldades a segunda etapa do campeonato. O piloto da Motonil completou as 12 voltas da corrida com dez segundos à frente do segundo colocado e conseguiu a melhor volta da corrida, 1:43.958. Com duas vitórias em duas corridas, Nishimoto é o líder isolado da categoria. Eduardo Costa, da Mobil Rush Racing Team, ficou em segundo, Marcelo Brasil, da Vaz/Woodcraft, terminou em terceiro, Pedro Henrique Salas, da Symohara Motorcycle, em quarto e, fechando o pódio, Pedro Henrique Gonçalves, da Dia Frag Racing, ficou em quinto.

Categoria SBK Pro AM Ligth
Com 16 segundos de vantagem, Edson Vande de Oliveira venceu a prova da categoria SBk Pro AM Ligth com larga margem de vantagem para o segundo colocado. O piloto da Dino Mania também fez a melhor volta da corrida, marcando 2:07.529. Wellington Vieira, da Completo Alimentos, Rafael Machado Gomide, da Suzuki Máxima, Eduardo Lessen Duller, da Duller Atacadista de freios, e Rodrigo Espinha, da Keep Riders Racing, completaram o pódio.

Categoria SBK Stock
Nícolas Conde, o Nick, da Underbrazil, venceu a categoria SBk Stock em uma disputada corrida com João Simão, o Juãozinho, da Fluxo Cross Media. Em terceiro, chegou Diogo Sakaue e completou o pódio.

A terceira etapa do SuperBike Series Brasil/ TNT Superbike acontece no dia 10 de abril, novamente no autódromo de Interlagos, SP.

Resultados
SBK Pro
1º Danilo Andric Silva 30:35.158
2º Alecsandre Brieda 30:38.350
3º Heber Pedrosa 30:38.415
4º Bruno Corano 30:38.456
5º José Luis Cachorrão 30:43.192

SBK Pro Am
1º Fábio Adas 30:50.262
2ºIvan Barros Gouveia 30:58.680
3º FernandoTomilheiro 31.02.013
4º Michel Dacar 31:06.400
5º Marcelo Borja 31. 12.090

SBk Master
1ºPaulo Amaral 31:06.310
2ºJulio Checchila 31:07.038
3º Marcelo Borja 31:12.090
4ºCezar Machado31:13.676

Kawasaki Ninja 250cc geral
1º Gustavo Carreira 21:22.921
2º Bruno Caldas 21:41.298
3º Murício Prado 21:41.377
4º Denisio Cassarini 21:41.515
5º André Luis Paiato 21:41.519

Kawasaki Ninja Ligth
1º Maurío Prado 21:41.377
2º Denío Casarini 21:41.515
3ºAndre luiz Paiato 21:41.519
4ºAlex Schultz 22:44.480
5ºRafael Micheletti 22:58.306

600cc
1° Marcos Nishimoto 21:26.961
2º Eduardo Costa 21:36.703
3° Marcelo Brasil 21:49.805
4º Pedro Henrique Sala 22:03.172
5º Pedro Henrique Gonçalves 22:11.668

SBK Light/Stok
1º Edson Vander de Oliveira 26:30.481
2º Welington Viana 26:56.796
3º Rafael Gomide 26:56.979
4º Nickolad Conde 26.58.061
5º João Simon, 27.12.868

SBK Stok
1º Nickolad Conde 26.58.061
2º João Simon, 27.12.868
3º Diogo Sakaue 28:16.562

250cc
1º Lucas Braga Teodoro 24:50.818
2º Rubens Pacheco 24:50.922
3º Adriano Prado 25:05.452
4º Marco Antônio Reis 25:08.495
5º Sergio Bueno 25:32.389

135cc
1º Maicon Fuser 25:23.815
2º Eduardo Silva 26:21.195