Sandro Hoffmann, piloto satélite Honda de Enduro de Regularidade

Dário Júlio e Sandro Hoffmann encaram final do Campeonato Brasileiro

 Sandro Hoffmann, piloto satélite Honda de Enduro de Regularidade

Sandro Hoffmann, piloto satélite Honda de Enduro de Regularidade

CAMPO LARGO (PR) – O município de Campo Largo (PR) será palco do Enduro Aroeira domingo (23). Válido pelas 15ª e 16ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade, as últimas da competição, o percurso de aproximadamente 181 km contará com a disputa do piloto da Equipe Honda Mobil, Dário Júlio, e o satélite Sandro Hoffmann na busca pelo título da categoria Master na temporada.

Terceiro colocado na classificação geral com 234 pontos, Dário encara pela primeira vez o trajeto na região paranaense. “Não conheço muito bem o local, mas pelo que pude analisar será semelhante à última etapa, em Santa Catarina. Estou preparado para uma região de terreno liso e áreas de reflorestamento. É importante que não chova para não virar barro, pois isso pode deixar o solo muito escorregadio”, analisa Dário Júlio.

Com uma diferença de 53 pontos para o primeiro colocado, Sandro Hoffmann, sem contar os descartes, o tricampeão brasileiro da modalidade entra na disputa focado na conquista. “A estratégia é arriscar. Preciso andar próximo das médias e estar concentrar para garantir a vitória. Ainda tenho chances. Com a vitória e uma combinação de resultados envolvendo o Sandro e o Guilherme (Cascaes) posso chegar ao quarto título nacional”, afirma Dário.

Líder na geral, Hoffmann depende somente de si mesmo para garantir o heptacampeonato. “Errar pouco e acertar os desenhos das planilhas. Isso será fundamental para garantir a primeira posição. São três grandes competidores na corrida pela primeira colocação e tudo pode acontecer. Estou preparado para encarar essa prova e vamos esperar o final da corrida para ver o resultado”, completa.

A classificação geral do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade tem o experiente capixaba em primeiro com 287 pontos. Guilherme Cascaes na segunda posição, com 247 pontos, seguido do mineiro Dário Júlio, em terceiro completam o pelotão de frente.