De olho no abastecimento de postos de combustível

Trabalho de fiscaliza‡Æo no abastecimento ‚ mais intenso no fim do ano, em 2003, mais de 10% dos postos do Estado foram autuados pelo Ipem-SP e a proje‡Æo ‚ a de fiscalizar at‚ o final de dezembro 71 mil bombas medidoras de combust¡vel. A meta do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de SÆo Paulo, Ipem-SP, ¢rgÆo vinculado … Secretaria Estadual da Justi‡a e da Defesa da Cidadania, ‚ a de terminar o ano de 2004 fiscalizando todas as 71 mil bombas de gasolina,  lcool e diesel. Um dos objetivos ‚ o de combater as fraudes nesta ‚poca do ano, pois historicamente, em novembro e dezembro as irregularidades aumentam.

Nas fiscaliza‡äes dessa quarta-feira (24/11), por exemplo, cinco equipes de fiscaliza‡Æo do Ipem-SP percorreram na capital as Zonas Leste, Oeste, Sul e as cidades de Santo Andr‚ e Osasco. Foram fiscalizados 14 postos e identificada adultera‡Æo em duas bombas de gasolina em um posto bandeira branca (sem marca) na avenida dos Autonomistas, em Osasco, na Zona Oeste.

Segundo as estat¡sticas de 2003, no Estado de SÆo Paulo h  9.021 postos de combust¡vel em funcionamento. A proje‡Æo para este ano ‚ que esse n£mero tenha crescido cerca de 3,5%, passando para 10.035. Na capital e regiÆo metropolitana, esse crescimento, por proje‡Æo, ‚ de 4%, passando de 3.282 para 3.747.

O Ipem-SP conta com uma equipe de mais de 100 pessoas para a fiscaliza‡Æo de bombas medidoras de combust¡vel e o calend rio de fiscaliza‡Æo transcorre por todo o ano. Durante o trabalho, os fiscais verificam as condi‡äes visuais e metrol¢gicas das bombas. Em outras palavras, a conserva‡Æo do painel marcador dos valores a serem pagos e abastecidos nos ve¡culos, a ilumina‡Æo, a condi‡Æo das mangueiras, lacres, n£meros de identifica‡Æo, n¡vel de vazÆo dos combust¡veis e sobretudo a correta rela‡Æo entre a quantidade marcada no abastecimento com a quantidade entregue ao cliente.

Identificar as adultera‡äes nas bombas nÆo ‚ simples para o consumidor, pois as modifica‡äes irregulares sÆo, geralmente, internas. Os fraudadores violam o lacre de seguran‡a dos equipamentos e modificam o sistema mecƒnico de abastecimento. Por isso, na hora de abastecer, ‚ preciso ficar atento.

Postos bandeira branca, sem marca da distribuidora, tˆm um alto ¡ndice de irregularidades, mas isso, em contrapartida, nÆo significa que s¢ eles adulteram o combust¡vel. O pre‡o ‚ outro fator importante a ser considerado. Suspeite de valores muito abaixo do praticado pela m‚dia do mercado. Ao parar a moto para o abastecimento, procure se posicionar de forma a ver o marcador da bomba e de que forma o frentista abastece o ve¡culo.

O Ipem-SP disponibiliza, ainda, o telefone da ouvidoria (0800 13 05 22) para den£ncias, reclama‡äes ou d£vidas sobre o assunto. As liga‡äes … ouvidoria sÆo gratuitas e podem ser feitas das 8h00 …s 17h00 de qualquer um dos 645 munic¡pios do Estado.