Dennis Dirani quer a segunda vitória consecutiva

Dennis Dirani- Black Jack Restaurante/Col‚gio Ötalo-Brasileiro/Mini/ MSC/PPK/Lico/Speed Racer, irmÆo mais novo do CampeÆo de F¢rmula 3 Danilo Dirani, disputa no pr¢ximo s bado a oitava etapa do Campeonato Paulista Light de Kart, no Kart¢dromo de Aldeia da Serra, em Barueri/SP com a id‚ia fixa de repetir o resultado da £ltima prova disputada, quando ele venceu de ponta a ponta.

“Aos poucos estou chegando no David Trindade. Ele abriu muito na primeira parte do campeonato, mas agora estou conseguindo uma recupera‡Æo. Acho que ainda d  para brigar pelo t¡tulo”, acredita Dennis Dirani, que soma 58 pontos na vice-lideran‡a, faltando trˆs corridas para o encerramento do campeonato, contra 87 de Davi Trindade Neto- Casas Bahia.

David Trindade Neto ‚ o £nico piloto do campeonato que deixou de pontuar apenas uma vez, e o £nico que venceu trˆs corridas. Para ter condi‡äes de se aproximar da lideran‡a, Dennis Dirani vai estrear um novo chassi, j  que o seu titular quebrou durante a disputa que lhe garantiu a vit¢ria em Aldeia da Serra. “Naquele dia a sorte me ajudou. Mesmo com o chassi quebrado na caixa de roda, eu consegui vencer. Com um novo chassi, s¢ vamos ter um pouquinho de trabalho para acerta-lo, mas nÆo correrei nenhum risco de quebra”, espera o piloto de 15 anos de idade.

Por uma diferen‡a de apenas 46s125 ap¢s quase 11 horas e 800 km de disputas, Dennis Dirani nÆo repetiu o feito de seu irmÆo Danilo, que venceu as 500 Milhas da Granja Viana em 1999. Na s‚tima edi‡Æo da prova de gala do kartismo brasileiro, disputada no £ltimo final de semana, ao lado dos irmÆos Leonardo e Ernesto Otero o piloto chegou em segundo lugar, para surpresa de muita gente, inclusive dele pr¢prio. “Nem eu esperava ter um resultado tÆo bom. Fui chamado de £ltima hora, na quinta-feira, para substituir o seo Antonio, pai dos meninos, que teve uma lesÆo no bra‡o e nÆo pode correr”, contou Dennis. “Mas fomos muito constantes, chegamos com a carenagem inteira, sem nenhuma batida. Se nÆo fosse um cabo de acelerador quebrado…”, lembra Dirani, que acredita que at‚ poderiam ter vencido, apesar da juventude do trio, onde ele tem 15 anos de idade, e os outros pilotos tem 16 e 17 anos, respectivamente. “A Faster Motorsport fez um kart excelente e n¢s nÆo erramos nada. Largamos da 29¦ posi‡Æo e eu vivi a maior agonia nas £ltimas 20 voltas, tendo que economizar combust¡vel e ao mesmo tempo vendo a vit¢ria ali perto de mim”, completou Dennis, que recebeu a bandeirada de chegada com menos de meio litro de combust¡vel.