Foto: Marronzinho em a‡Æo

Depois de dois meses sem competir, Marronzinho retorna e sobe ao pódio

Foto: Marronzinho em a‡Æo

Foto: Marronzinho em a‡Æo

O piloto da Pro Tork Racing Team volta a correr ap¢s s‚rio acidente e garante a segunda coloca‡Æo na bateria da SX1 da quarta etapa do Brasileiro de Supercross; a disputa aconteceu em Curitiba (PR) neste s bado

SÆo Paulo (SP) – Ap¢s sofrer um grave acidente na disputa da abertura do Brasileiro de Supercross, em setembro deste ano, JoÆo Paulino Marronzinho retornou …s competi‡äes na noite deste s bado (24) e j  garantiu um lugar no p¢dio. O piloto catarinense, que integra a Pro Tork Racing Team, foi o segundo colocado na disputa da categoria SX1 da quarta etapa do nacional. Cristopher Pipo Castro, patrocinado pela Pro Tork, fez companhia a Marronzinho no p¢dio da categoria. Foi o quarto colocado. Na SX2, Anderson Cidade tamb‚m representou a marca com um excelente quarto lugar. As provas foram realizadas no Marumby Expo Center, em Curitiba, Paran .

“Fiquei 47 dias sem mexer o bra‡o, foi um per¡odo muito dif¡cil para mim. Por isso, esse resultado foi uma vit¢ria”, comemorou Marronzinho que garantiu o segundo lugar da SX1. “Estou sentindo a fa lta de ritmo e a parte psicol¢gica est  pesando um pouco pelo acidente que sofri”, completou. O piloto sofreu um violento tombo na largada da prova em Santa Luzia (MG). Depois de um toque em outra moto, caiu e foi atropelado pelos competidores que vinham atr s. Chegou a perder a consciˆncia e teve traumas na coluna e no rim. De olho na etapa final da competi‡Æo, Marronzinho j  se planeja. “Agora quero disputar o m ximo de corridas poss¡vel para melhorar a cabe‡a e pegar mais confian‡a. Mesmo sem chances de t¡tulo, quero muito ganhar a etapa final”, disse. A prova est  marcada para dia 15 de dezembro em Jundia¡ (SP).

Pipo Castro nÆo se mostrou satisfeito com o seu desempenho e com o quarto lugar. “NÆo foi o que eu queria, pois demorei muito para dar explosÆo na corrida. Estou com um bom preparo f¡sico, tanto que o meu ritmo nÆo est  caindo no decorrer da prova. Mas, para a etapa final, preciso treinar bastante explosÆo”, disse. Ele ocupa, a gora, a terceira coloca‡Æo no campeonato com 65 pontos. Wellington Garcia lidera com 73 e Roosevelt Assun‡Æo ‚ o segundo com 68. A categoria SX1 contou ainda com a participa‡Æo de Nico Rocha, que foi o oitavo colocado.

SX2 – A Pro Tork tamb‚m contou com representantes na categoria SX2, voltada para motos 125cc 2 tempos e 250cc 4 tempos. Anderson Cidade, catarinense, subiu ao p¢dio com a quarta coloca‡Æo e ocupa agora o oitavo lugar na classifica‡Æo geral do campeonato com 31 pontos. Rafael Faria tamb‚m esteve presente na disputa e terminou a prova em nono lugar. O paulista Rafael Zenni nÆo completou a bateria.