Calendário Estrada para a Cidadania 2012

Desenhos de crianças ilustram calendário 2012

Focado em segurança e meio ambiente, o calendário foi produzido com desenhos do concurso Arte na Estrada, realizado entre 60 mil estudantes.

A NovaDutra está distribuindo entre escolas do eixo Rio-SP, participantes do Programa Estrada para a Cidadania, o seu calendário 2012, produzido com desenhos selecionados pelo concurso Arte na Estrada, realizado entre 60 mil alunos da edição ambiental do Programa. Participaram do concurso, estudantes do 5º ano do ensino fundamental, com idades entre 10 e 11 anos, que produziram desenhos com mensagens de respeito às leis de trânsito e preservação ao Meio Ambiente, com base nos conhecimentos adquiridos com as aulas do Programa.

Na primeira fase do concurso, foram selecionados 800 desenhos, o que representa um trabalho por escola participante. Comissões municipais formadas por Secretarias e Autarquias municipais envolvidas com o Programa Estrada para a Cidadania escolheram um desenho por município. Uma comissão julgadora formada pelo Comitê de Sustentabilidade da CCR NovaDutra escolheu o grande vencedor, o aluno Marco Aurélio da Costa Soares, de 10 anos, da Escola Imaculada Conceição, de Belford Roxo (RJ). Marco Aurélio foi premiado com um notebook e os demais 32 finalistas ganharam um aparelho MP4, cada um. Todos os alunos selecionados, receberam um kit do Programa.  Os desenhos finalistas compuseram o calendário distribuído pela CCR NovaDutra às 800 escolas participantes.

O Programa Estrada para a Cidadania
Segundo Carla Fornasaro, responsável pela área de Relações Intitucionais da CCR NovaDutra e responsável pela iniciativa, o Programa Estrada para a Cidadania, é realizado desde 2005 e já abrangeu mais de 350 mil crianças com idades entre 08 e 10 anos e 13.500 educadores. Em 2011, foram envolvidos pelo Programa 128.000 alunos e 4.400 educadores em 36 municípios servidos pela Via Dutra, com duas frentes de atuação: uma dirigida à temática de Trânsito e, outra, de Meio Ambiente.    

“O Programa conta com material didático exclusivo, desenvolvido pela CCR com a proposta de praticar a transversalidade das matérias, ou seja, buscando inserir a Educação para o Trânsito e Meio Ambiente nas diversas disciplinas do currículo escolar”, informa Carla Fornasaro. “O conteúdo é constantemente atualizado, de acordo com a evolução da linguagem, das leis de trânsito, dos conceitos de Meio Ambiente e das dicas de cidadania”.

Para facilitar a assimilação do Programa Estrada para a Cidadania pelas escolas, são realizadas oficinas pedagógicas aos professores participantes, ministradas por pedagogos contratados pela Concessionária. Os alunos têm aulas semanais e algumas das atividades envolvem também familiares, com exercícios que precisam ser feitos em casa, atividade que multiplica o número de pessoas impactadas pelo projeto. Visando a inclusão de professores e alunos com deficiência visual, todo o material também é produzido em Braille.

 “O conteúdo recebido pelas crianças em sala de aula pode ser posto em prática em atividades como o Crianças Amigas da Estrada, blitze educativas realizadas em parceria com a Polícia Rodoviária Federal às margens da Dutra que permitem vivências reais do espaço de trânsito”, destaca Carla Fornasaro. “Uma outra ação interessante é a campanha Cidadania na Estrada, que  promove a distribuição ao motoristas, em praças de pedágio, de mensagens escritas de próprio punho pelas crianças abrangidas pelo Programa”.