Cyril Despres. Poeira para os outros todos

Despres vence a 5ª etapa do Rally dos Sertões e coloca a França na liderança

 

Cyril Despres. Poeira para os outros todos

Cyril Despres. Poeira para os outros todos

Lizarda, TO, 14 de agosto – O dia prometia ser mesmo quente, mas fez mais que isso, ferveu à favor dos estrangeiros que se reposicionam na classificação geral. Foram 3h 37min e 57seg que deram ao Francês Cyril Despres a chance de sentir-se em casa acelerando forte sua KTM em um tipo de terreno que ele sabia que seria favorável, a areia. Mais que isso (seguido por David Casteu) os franceses sabiam que esta seria uma especial extremamente difícil para quem a subestimasse. No começo, a piçarra foi aperitivo para o que todos mais temiam e ansiavam as areias do Jalapão.
 
Cai o líder. Felipe Zanol chegou a Lizarda, no Tocantins, com ar desiludido. Depois de um tombo já próximo ao final do trecho, o até então líder geral, viu sua Honda 450cc empenar a parte traseira ao encarar uma lomba. Prejuízo que custou a liderança da prova. “Tomei um chão e precisei vir com mais cautela para evitar mais danos. Ainda temos amanhã mais uma especial inteira pela frente. Não é agradável sair líder e cair na pontuação geral, então preciso trabalhar para recuperar o que perdi”, disse ele.
 
Cyril Despres, exibia ar de concentração total.  O piloto francês cumpriu seu objetivo, explorou bem os terrenos, tipos de piso e percurso que valorizavam a potência da sua KTM. “Dia louco e difícil, navegação, trechos travados, e finalmente alguma areia, que para nós significa deserto, rally… foi um bom dia e me diverti. É verdade que também tive uma motivação extra porque é o dia dos pais aqui, e hoje é o primeiro aniversário da minha filha, e que funciona como um tipo de motivação a mais”, disse ele.
 
Ike Klaumann por sua vez chegou ao Parque Fechado lamentando o débito de 20 minutos por se perder ao entrar em uma direita errada e demorar a voltar ao percurso. “Me perdi de bobeira. Um minuto de descontração, uma entrada errada e na sequência um referência que bateu, por pura coincidência e lá estava eu, procurando me achar. Perdi preciosos 20 minutos, mas chegamos inteiros, eu e a moto”, comentava ele no apoio enquanto revisava sua moto.
 
Já o português Paulo Gonçalves , não poupou elogios à etapa de hoje e disse, “Este foi um dia bem divertido. Apesar de me perder logo no km 50, mas rapidamente me achei e retornei ao roteiro para uma especial dura, exigente, mas tranquila. Tomara que amanhã seja como hoje”.
 
Confira a Classificação Extra Oficial do Dia
1º CYRIL DESPRES                            03:37:57   93.60 km/h
2º DAVID CASTEU                              03:38:42   93,28 km/h
3º PAULO D. S. GONCALVES            03:49:10    89,02 km/h
4º FELIPE ZANOL                               03:50:22   88,55 km/h
5º DARIO J. SOUZA                            03:52:20   87,80 km/h
6º JUAN P. GARCIA                            03:59:09   85,30 km/h
7º GUTO KLAUMANN                          04:01:52   84,34 km/h
8º IKE KLAUMANN                              04:02:37   84,08 km/h
9º JUCA BALA                                    04:07:15   82,51 km/h
10º MARCO A. PEREIRA                     04:07:40   82,37 km/h
 
E foi assim que os franceses assumiram hoje a liderança na classificação geral acumulada:
 
1º     2      CYRIL DESPRES  KTM França                       15:06:33
2º     3      DAVID CASTEU   Yamaha França                  15:07:13
3º     1      FELIPE ZANOL    Honda Brasil                      15:08:02
4º     20     PAULO GONÇALVES Husqvarna Portugal    15:13:42
5º     4      DARIO JULIO SOUZA Honda Brasil                15:21:14  
6º     9      IKE KLAUMANN   Husqvarna Brasil                  15:21:18
7º     19     JUAN GARCIA     KTM Espanha                     15:40:01
8º     5      GUTO KLAUMANN   Husqvarna Brasil     15:56:51
9º     23     DANIEL GOUET   Honda Espanha                   16:12:21
10º   6      RAMON SACILOTTI     Kawasaki Brasil           16:24:16
 
Em breve confira os resultados oficiais no link depois de analisados e aplicados eventuais bônus e punições: http://www.webventure.com.br/sertoes2011/resultados/acumulado
 
Lembrando que esta noite o Rally dos Sertões pernoita em Lizarda com assistência mecânica restrita, na qual, apenas os concorrentes podem mexer em seus veículos e utilizar ferramentas e peças de reposição que estejam carregando com eles. As equipes de apoio seguem direto para etapa final da Maratona, em Balsas, no Maranhão.
 
6ª etapa – 15/08
Lizarda (TO) a Balsas (MA)
Deslocamento inicial: 1 km
Trecho especial: 428 km (217 km para Caminhões)
Deslocamento final: 7 km
Total do dia: 436 km