Foto: Bitenca

Desrespeito, ABS doido, Motor novo

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Gostaria imensamente de visitar o Salão aí em São Paulo, mas atualmente estou impossibilitado de ir. Para o próximo, quem sabe! Mas gostaria de comentar as ausências da Honda e Yamaha no evento. Eu não acho estranho. Eu acho uma total desconsideração para com o Salão e um grande desrespeito com os milhares de clientes dessas duas montadoras. Imagine A VW e a Fiat ausentes do Salão do Automóvel. Seria inadmissível. Como é inadmissível a ausência da Honda e Yamaha. Parabéns pelo “site”. Um abraço. Gilberto.64 Osório, RS
R: Obrigado Gilberto, não haviamos pensado por esse lado. Você tem razão.

Tenho uma dúvida quanto a lógica de funcionamento do sistema de freio ABS, mais especificamente o da Honda CB600 Hornet. Caso algum objeto fique preso entre o sensor e o disco de detecção, como por exemplo um plastico preto ou lama tampando os orifícios do disco. Qual será a reação do freio? Ele terá um comportamento parecido com o de um sistema de freio convencional ou simplesmente não irá freias? Adriano (30) Tambaú – SP
R: Adriano, O sistema ABS é um assistente eletrônico anti travamento. Como todo sistema ele deve ter rotinas de segurança interna. Já imaginou uma injeção eletrônica disparar em máxima aceleração bem na hora que você quer desacelerar?…. Então essas também possuem subsistemas de segurança que acionam funções de segurança. Ainda no caso da injeção, se algum sensor informar algum valor incompatível, a CPU entra em modo de segurança e desativa o motor. Da mesma forma o ABS que também conta com uma central de processamento faz esse tipo de análise, se algum valor da entrada de dados for incompatível com outro o sistema entra em modo de segurança e desarma sua ação. Na prática, se entrar um papel ou outra sujeira entre o disco e o sensor de movimento da roda a CPU desarma o ABS e a frenagem se dá na forma convencional, sem o sistema de anti-travamento. abraços

Foto: Bitenca

Foto: Bitenca

Fiz o serviço de retífica do motor 0,25 e cabeçote com troca de retentores de válvulas e demais juntas de motor de minha XTZ 125, minha moto antes deste serviço andava normal sem falhas e cortes, após o serviço a moto ao chegar de 80 km em diante ela fica como se estivesse pedindo combustível, ja analizei bobina e ignição completa, limpei toda tampa do tanque de combustível e fiz limpeza em toda parte elétrica, limpeza de carburador e regulagem e a moto continua com a mesma falha. O que fazer mais??ABRAÇOS….Roosevelt (34) Recife PE
R: Boa Tarde Roosevelt Sua XTZ 125 está com fome de gasolina? Pouco provável. O mais comum ao se fazer retífica como você diz é ter que fazer um bom amaciamento do motor, até melhor que quando zero porque as folgas entre pistão anéis e cilindro podem estar um pouco mais apertadas do que quando feito pela fábrica. Vale a pena entrar em contato com quem fez a medição da folga pistão/cilindro do motor e verificar se essas folgas estão corretas. Não considerando a qualidade das peças que eu estimo serem boas, se realmente as folgas estiveram apertadas você pode ter perdido o serviço porque essa fome de gasolina que descreves pode ser simplesmente o pistão agarrando na camisa por excesso de calor e falta de lubrificação. Diferentemente de um motor de automóvel e de refrigeração líquida esse tipo de motor funciona em uma gama bem variável de temperaturas e portanto deve ter a folga bem calibrada. Se a folga for diminuta demais o filme de óleo se torna insuficiente para manter a integridade do conjunto.  Boa sorte.