Destino de tanque subterrâneo de combustível terá debate

Destino de tanque subterrâneo de combustível terá debate

Destino de tanque subterrâneo de combustível terá debate

A ComissÆo de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustent vel vai promover audiˆncia p£blica para discutir as a‡äes das empresas que realizam o processo de desgaseifica‡Æo, retirada da borra de combust¡vel e destino final dos tanques subterrƒneos que armazenam esses produtos nos postos.
O requerimento para realiza‡Æo da audiˆncia, aprovado na £ltima quarta-feira (4), foi apresentado pelos deputados Bab  (sem partido-PA) e Fernando Gabeira (PV-RJ). Eles alegaram preocupa‡Æo com a destino final dos tanques de combust¡veis subterrƒneos utilizados nos postos de abastecimento em Minas Gerais. “O subproduto dos combust¡veis estocados nesses tanques ‚ extremamente t¢xico e cancer¡geno, por isso precisa ter destina‡Æo adequada, sob pena de se estar contribuindo para a degrada‡Æo do nosso j  combalido meio ambiente”, assinalou Bab .

Res¡duos
O deputado explicou que a maior respons vel pela contamina‡Æo ‚ a borra dos combust¡veis formada no interior dos tanques por res¡duos de hidrocarbonetos, que, al‚m de contaminar o len‡ol fre tico, sÆo cancer¡genos. “Sabe-se que os tanques de combust¡veis tˆm vida £til m‚dia de dez anos. Ap¢s esse per¡odo, devem ser desgaseificados, abertos e limpos internamente, ocasiÆo em que a borra ‚ removida e queimada, encaminhando-se a  gua usada em sua limpeza para tratamento”, observou Bab .
Os tanques devem, entÆo, ser sucateados para que nÆo voltem a ser utilizados em  reas subterrƒneas. No entanto, o deputado afirmou que, na maioria das vezes, esses tanques vˆm sendo guardados em verdadeiros “cemit‚rios” de maneira inadequada e acabam se abrindo e liberando detritos t¢xicos que penetram no solo.