Dirija com cuidado e tenha um bom feriado

Durante o feriado prolongado de sete de setembro, o número de veículos nas estradas e rodovias aumenta, bem como os perigos com a direção e os acidentes de trânsito.

É fato que a imprudência e a falta de atenção podem colocar em risco a vida de muitos motoristas e passageiros e para evitar conseqüências mais graves é importante que o motorista tome cuidados antes e durante a viagem. Além da revisão no veículo, que deve ser realizada periodicamente.

A fim de reduzir o número de acidentes e contribuir para um trânsito seguro para o bem estar de motoristas e passageiros nas viagens, a ABRAMET – Associação Brasileira de Medicina de Tráfego – recomenda que seja feito um planejamento antecipado da viagem, o que trará benefícios para toda a família. Além disso, é preciso tomar alguns cuidados específicos antes e durante o trajeto.

O principal objetivo é mostrar aos motoristas todos os pontos que envolvem uma direção segura, desde uma boa alimentação até uma boa noite de sono.

A ABRAMET ressalta ainda que esta lista não deve ser utilizada somente em datas comemorativas, ela pode e deve servir como guia prático em todas as viagens, visando sempre o maior objetivo: salvar vidas.

Importantes cuidados que devem ser tomados na direção veicular:

Sono: Durma pelo menos 08 (oito) horas noturnas antes do início da sua viagem. Lembre-se que fadiga e sono são fatores comuns para a ocorrência do acidente. Ao dirigir, sentiu sono, pare em local seguro e durma.

Alimentação: Ao dirigir faça refeições leves, preferindo legumes, verduras e frutas. Evite frituras, gorduras, refrigerantes e condimentos, isto produz distensão abdominal, flatulência, torpor e sonolência.

Horário: A viagem deve ser iniciada pela manhã, logo após o acordar, nunca à noite após trabalho.

Tempo na Direção: Recomenda-se que a cada 02 (duas) horas de direção veicular seja necessário uma pausa de 15 (quinze) minutos, quando o motorista deve deixar o veículo e fazer uma caminhada ao redor do mesmo e alongamentos, sempre em local seguro. Passageiros devem fazer o mesmo. Não recomendamos que se dirija por mais de 06 (seis) horas por dia.

Combustível: Se você está com a carga máxima do veículo, não encha totalmente o tanque de combustível. Pare no caminho coloque um pouco mais de combustível quando for necessário.

Animais: Evite animais de estimação soltos no interior do veículo. Mantenha-os no banco traseiro, dentro de uma gaiola ou com coleira e com supervisão de um adulto. A movimentação do animal pode gerar problemas para o motorista.

Cigarro e Telefone Celular: São condições inseguras na direção veicular. O cigarro gera problemas respiratórios para os passageiros. A brasa do mesmo ao cair sobre o motorista, certamente irá ocasionar acidente. O telefone celular tira a atenção, concentração, diminui os reflexos e propicia o acidente.

Sobrecarga do Veículo: Conduza apenas o número máximo de pessoas permitido para o seu veículo. Cuidado com a carga, não exagere, distribua de maneira regular, não deixe nada solto dentro do veículo. O excesso de peso poderá causar acidente.

Inspeção do Veículo: A inspeção do veículo é obrigatória antes e durante a viagem. A máquina, pneus, suspensão, freios, lanternas, faróis, etc., devem estar em perfeitas condições e sempre revisados nas paradas.

Ar Condicionado: Faça manutenção e higienização dos filtros e canaletas. Este é um equipamento que pode jogar no interior do veículo microorganismos que irão produzir as doenças respiratórias acometendo motorista e passageiro. As crianças, gestantes e idosos são mais susceptíveis.

Cuidado com Medicamentos: Alguns medicamentos são capazes de apresentar efeitos colaterais induzindo o sono, torpor, reduzindo reflexos, etc.

Hidratação: Devido ao tempo seco, mantenha todos bem hidratados e o ambiente bem ventilado.

Necessidade Fisiológica: Procure parar em locais em que o banheiro tenha boa higienização. Lembre – se que os animais ficam estressados e que também necessitam de pausa para se alimentar, ingerir líquidos e para as necessidades fisiológicas.

Pressa: Quem dirige de férias não deve ter pressa. A pressa é fator indutor de sinistro. Se notar que isto está acontecendo com você, pare, salte, ande, faça alongamento, respire e acalme – se. É muito comum essa pressa surgir quando já estamos bem próximo do nosso destino, e é aí, que surge o acidente. Modere e vá devagar.

Calor: Pode produzir além do desconforto, sinais e sintomas como hipotensão arterial, tonteiras, palidez cutânea, sudorese, intermação (aumento excessivo da temperatura do corpo), insolação (por exposição aos raios solares), etc. Por isso, beba bastante água e use roupas leves.
Uma viagem segura também depende de você!