Abaré (BH) recebe a 3ª etapa do Brasil Nordeste de Motocross

Disputa do Brasil Nordeste de Motocross está acirrada

O Campeonato Brasil Nordeste de Motocross está a todo vapor. Nos dias 12 e 13 de julho é a cidade de Abaré, na Bahia que receberá a disputa que está na 3ª Etapa. Os melhores pilotos do nordeste do País já confirmaram a participação.

Abaré (BH) recebe a 3ª etapa do Brasil Nordeste de Motocross

Abaré (BH) recebe a 3ª etapa do Brasil Nordeste de Motocross

Na categoria Nacional 230, Alex Lucena segue líder do Campeonato, com 51 pontos, na sequencia, com 40, está Anderson Lucas da Silva. Na Nacional Open, José Feitosa lidera com 51 pontos, e Paulo de Tarso está em segundo com 42. Na 65cc a disputa está acirrada, Mazoude Ramos segue com 46 pontos, Lucas de Tarso com 44 e Athalo Araujo com 43. Na 85cc, Leonardo Feitosa está na frente com 50 pontos, seguido de Tallys Nathan, com 43. Bruno Alencar lidera a MX3, com 47 pontos e José Israel Feitosa, a MX4, com 48. Na Junior a disputa está entre José Henrique da Costa, com 40 pontos e Gilberto de Sá, com 38.

Rodrigo Lama é líder da Força Livre Nacional, com 48 pontos, e também está na frente na MX1 e MX2, ambas com 51 pontos. Para a 3ª Etapa, Lama espera continuar na liderança das categorias. “A expectativa sempre é a melhor. Espero fazer bons treinos e na corrida largar na frente e imprimir um ritmo forte para andar tranquilo e não cometer erros. No mês de junho fiquei praticamente sem treinar, mas tenho duas semanas para me preparar e como meu preparo estava ótimo creio que não sentirei muito. Minha meta é ser campeão invicto”, ressalta o piloto.

O traçado para a prova de Abaré ficará com aproximadamente mil e duzentos metros. As arquibancadas já foram montadas. A expectativa é de que a prova receba o maior número de competidores até agora na competição. “Nesta etapa esperamos um número ainda maior de pilotos, já que será a única prova da região nesta data. Com certeza teremos mais uma grande etapa, com o show que os pilotos proporcionam na pista”, afirma Juvenal Alves, vice-presidente da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.