Disputa entre pilotos da Equipe Honda marca terceira etapa do Arena Cross

Os pilotos da Equipe Honda foram os grandes destaques da noite, no Jóquei Clube, em Ribeirão Preto (SP). As duas baterias da categoria Pró foram marcadas por disputas emocionantes, do início ao fim das provas. Swian Zanoni permanece em primeiro lugar na classificação geral do campeonato.

O frio do interior paulista não desanimou o público, que compareceu em grande número à terceira etapa do Arena Cross. E quem saiu de casa para acompanhar de perto o evento, teve a oportunidade de assistir a um grande espetáculo.

A primeira bateria foi marcada por uma disputa emocionante. Swian Zanoni largou em primeiro, mas logo no começo da prova perdeu posição para Leandro Silva e João Paulino “Marronzinho”. Até a última volta os três brigaram pela primeira colocação. Leandro Silva chegou a abrir vantagem em alguns momentos, mas foi seguido de perto pelos outros dois companheiros de equipe. Na última volta, Swian Zanoni ultrapassou Marronzinho e ficou com o segundo lugar. Já Marronzinho, caiu na última curva e ficou com a 6ª colocação.

Swian Zanoni foi o destaque da segunda bateria. O líder do campeonato teve dificuldades no início da prova, mas nas últimas voltas abriu grande vantagem e terminou a corrida em primeiro lugar. “Estou muito feliz com o resultado. Uma pista muito difícil para ultrapassar, mas todos os pilotos estão de parabéns. Ao Leandro também, que vem muito forte na briga. Agora é manter o ritmo para permanecer líder na competição.”

Leandro Silva, que havia ganhado a primeira bateria, teve uma queda durante a prova e ficou apenas em 11° lugar. Jean Ramos aproveitou para conquistar a segunda colocação. “Uma etapa bem difícil. Larguei muito mal na segunda bateria, mas acabei me favorecendo e consegui ultrapassar o restante dos pilotos. Conquistei pontos importantes para não deixar o Swian fugir muito e me manter vivo na competição”, diz Jean Ramos.

85cc
A disputa na categoria 85cc foi acirrada. O piloto satélite Honda Endrews Armstrong liderou a prova desde o início, mas na última curva foi ultrapassado por Anderson Amaral. O terceiro lugar ficou com Kaio Miranda, também piloto satélite Honda. Apesar da segunda colocação, Endrews permanece na liderança da competição com 57 pontos.

Júnior
Hector Assunção, piloto satélite Honda, foi o mais rápido na categoria Júnior. O segundo lugar ficou com Thales Vilardi, seguido por Rodrigo Rodrigues, também piloto satélite Honda. Com a vitória, Hector Assunção empatou na classificação geral com Thales Vilardi, ambos somam 55 pontos. “Agora tenho que tomar cuidado e treinar bastante, porque a briga vai ser acirrada daqui pra frente”, diz Hector.

Wilson Yasuda, gerente de competições Honda, elogiou os pilotos da Equipe Honda na etapa em Ribeirão Preto (SP). “Uma corrida bastante difícil, porque a gente tinha uma disputa entre os pilotos da Honda pela liderança da competição. Espero que a equipe continue a ter esse desempenho nos outros campeonatos que participamos. Eu parabenizo a todo mundo que trabalhou e espero que nós tenhamos sucesso em outras etapas do Arena Cross.”

Resultados da 3ª etapa do Arena Cross – Ribeirão Preto (SP)
Pró – Classificação Geral
Swian Zanoni
Jean Ramos
Wellington Garcia
Leandro Silva
João Paulino
Roosevelt Assunção
Roberto Castro
Rafael Zenni
Marcello Lima
Anderson Cidade
Gustavo Takahashi
Gabriel Gentil
Humberto Martin
Kurt Rocha

Pró – 1ª bateria
Leandro Silva
Swian Zanoni
Wellington Garcia
Jean Ramos
Roberto Castro
João Paulino
Roosevelt Assunção
Anderson Cidade
Marcello Lima
Gustavo Takahashi
Gabriel Gentil
Rafael Zenni
Kurt Rocha
Humberto Martin

Pró – 2ª bateria
Swian Zanoni
Jean Ramos
João Paulino
Rafael Zenni
Wellington Garcia
Roosevelt Assunção
Marcello Lima
Roberto Castro
Gustavo Takahashi
Anderson Cidade
Leandro Silva
Gabriel Gentil
Humberto Martin
Kurt Rocha