Foto: IC Fotos/Rinaldi - Gregório Caselani

Disputas do Brasileiro de Enduro FIM estão de volta

Foto: IC Fotos/Rinaldi - Gregório Caselani

Foto: IC Fotos/Rinaldi - Gregório Caselani

Os melhores pilotos do país voltam a se reunir neste fim de semana, dias 17 e 18, para a realização da 5ª e 6ª etapas do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM, na região de Macacos, localizada na Grande Belo Horizonte (MG). Após dois meses de espera, os competidores não vêem a hora de entrar em cena e prometem grandes disputas.

Felipe Zanol, líder da categoria E1 e também da Geral, está ansioso por correr em casa, em um evento que leva o nome de “Enduro Véio Jacy”, dado em homenagem ao seu pai, figura importante do esporte no estado. Dadas as circunstâncias, a responsabilidade por alcançar a vitória aumenta, mas Zanol sabe lidar com a pressão e acredita ter boas chances de manter a invencibilidade.

“Tenho certa vantagem por correr aqui, conheço bem o terreno, mas ao mesmo tempo tenho que lidar com a pressão da torcida, cuidar para não cometer erros. De qualquer forma, estou confiante e vou encarar como se fosse apenas mais uma corrida. Meu objetivo é manter o rendimento, continuar com 100% de aproveitamento”, comenta o penta-campeão.

Segundo o organizador, Maurício Brandão, cada etapa contará com três especiais, sendo um cross-test, um enduro test e um extreme. Ao todo serão três voltas de cerca de 40 quilômetros cada, por dia. “O local é perfeito em todos os sentidos. Pelas trilhas e pela localização. Tenho certeza de que será uma grande prova”, ressalta.

Foto: João da Franca/Divulgação Rinaldi - Felipe Zanol

Foto: João da Franca/Divulgação Rinaldi - Felipe Zanol

Além de ser representada por Zanol, a Rinaldi contará ainda com Gregório Caselani na disputa da E2. O piloto gaúcho lidera a classe e espera continuar na ponta, mas terá pela frente um grande desafio. Com os ligamentos do dedo mínimo esquerdo rompidos e cirurgia marcada para a próxima semana, a cautela será redobrada.

“Machuquei-me na estréia do campeonato e desde então treinei poucas vezes. Não consigo mexer o dedo, dói para segurar o guidão, fazer força, enfim, é complicado. Gostaria de vencer as duas corridas para abrir uma folga maior na classificação e também subir na tabela da Geral, na qual estou em sétimo, vou me esforçar para isso”, explica o tri-campeão.

Classificação:

E1

1°) Felipe Zanol (Piloto patrocinado pela Rinaldi) – 100 pontos
2°) Nielsen Bueno – 73 pontos
3°) Rafael Pinho – 69 pontos
4°) Gustavo Pellin – 44 pontos
5°) Humberto Cadori Filho – 36 pontos

E2

1°) Gregório Caselani (Piloto patrocinado pela Rinaldi) – 72 pontos
2°) Diego Collet – 50 pontos
3°) Glauber Barreto – 42 pontos
4°) Sérgio Borges – 40 pontos
5°) Allyson Ramos – 38 pontos

Geral

1°) Felipe Zanol (Piloto patrocinado pela Rinaldi) – 100 pontos
2°) Nielsen Bueno – 58 pontos
3°) Francisco José Marino – 46 pontos
4°) Gustavo Pellin – 44 pontos
5°) Rafael Pinho – 41 pontos
7°) Gregório Caselani (Piloto patrocinado pela Rinaldi) – 40 pontos