DOCA11_97_donini

Doca terminou a 5ª etapa do SuperBike Series em 7º lugar no domingo, dia 22, em Curitiba/PR.

O esforço do paulista Alecsandre Brieda De Grandi, o Doca, valeu a pena para mantê-lo no 3º lugar da classificação, mas faltou um pouco mais de seu equipamento. O piloto largou em 11º no Autódromo Internacional de Curitiba em uma corrida paralisada várias vezes devido a pequenos acidentes. O representante da Team De Grandi Bardahl fez de tudo para subir ao pódio, porém fez falta um melhor acerto da moto.

A bordo de sua Honda CBR 1000cc Fireblade, Doca finalizou a 5ª etapa do SBK com 32:30.107, com uma pequena vantagem para o oitavo colocado e a três segundos do vencedor da prova Danilo Andric. “Não foi um fim de semana muito bom. Tentamos melhorar o acerto da moto dentro do que podíamos para eu disparar à frente no domingo, mas desenvolvemos pouca coisa. Tentei fazer uma corrida de recuperação, mas também ficamos muito tempo andando sob bandeira amarela, o que querendo ou não prejudica um pouco, pois depois temos poucas voltas para correr. Mas corrida é isso. Já estamos vendo no que melhorar para a próxima prova”, analisa o piracicabano.

A Team De Grandi Bardahl permanece na 3ª colocação no campeonato, com 87 pontos. Bruno Corano é o vice com 102 pontos e Danilo Andric lidera com 104. Doca terá sua nova chance de recuperar posições já no dia 5 de junho na 6ª etapa em Interlagos/SP.

Resultado 5ª etapa SuperBike Series (dez primeiros):
1º) 64 – Danilo Andric – 19 voltas em 32:27.363 (média de 129,78 km/h)
2º) 42 – Heber Pedrosa – a 0.795
3º) 34 – Bruno Corano – a 1.361
4º) 51 – José L.Teixeira – a 1.708
5º) 88 – Diego Pretel – a 1.858
6º) 62 – Sarin Carlesso – a 2.158
7º) 90 – Alecsandre de Grandi – a 2.744
8º) 8 – Daniel G.Mendonça – a 2.782
9º) 118 – Everton Felizardo – a 3.205
10º) 181 – Gustavo Rodrigues – a 4.328

 Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.