Onde estão Honda e Yamaha? Dovizioso, Lorenzo e Zarco conquistaram as primeiras posições

Dovi vence e título da MotoGP fica para final, em Valência

A temporada mais acirrada das últimas décadas do Mundial de Motovelocidade não poderia ter um final diferente. Marc Márquez (93, Honda) tinha grandes chances de conquistar o tetracampeonato de forma antecipada, mas Andrea Dovizioso (4, Ducati) mostrou um desempenho formidável na penúltima etapa da MotoGP, disputada nesta madrugada em Sepang (Malásia), conquistando a vitória e empurrando a decisão da temporada para a etapa final. Desta forma, Dovi reduz para 21 pontos sua diferença com o líder Márquez e põe fogo no campeonato, que terá seu round final em Valência (Espanha), no dia 12 de novembro.

Dovizioso arrisca tudo na Malásia, vence corrida e incendeia a MotoGP. Com a vitória, italiano diminui a diferença para o líder Marc Márquez e passa a ter chances matemáticas de título. Resultado: ficou tudo para a final, em Valência

Dovizioso arrisca tudo na Malásia, vence corrida e incendeia a MotoGP. Com a vitória, italiano diminui a diferença para o líder Marc Márquez e passa a ter chances matemáticas de título. Resultado: ficou tudo para a final, em Valência

O traçado encharcado na Malásia foi palco para grandes disputas neste domingo, com destaque para a escuderia italiana Ducati, majestosamente representada por Dovizioso e Jorge Lorenzo (99, Ducati). Se o primeiro conseguiu manter nervos de aço durante toda a prova, largando mal e galgando posições até garantir a vitória, Lorenzo enfim desencantou em sua nova equipe e só não faturou a vitória pois permitiu a ultrapassagem do companheiro para que a Ducati continuasse viva no campeonato – e o detalhe: grande desempenho de JL99 sob chuva! Assim, o pódio esteve formado por Dovi em primeiro, Lorenzo em segundo e Johann Zarco (5, Monster Yamaha) com o terceiro lugar. Tais elogios não podem ser feitos à Yamaha, com Valentino Rossi (46) recebendo a bandeirada em sétimo e Maverick Viñales, uma das apostas desta temporada, concluindo a prova na nona colocação.

Pódio na Malásia

Pódio na Malásia

Onde estão Honda e Yamaha? Dovizioso, Lorenzo e Zarco conquistaram as primeiras posições

Márquez - o estrategista

Márquez - o estrategista

Equipe recebe Marc com palmas após ficar com o P4. Pilotagem segura garantiu ao piloto larga vantagem na corrida pelo título

Lorenzo floresce

Lorenzo floresce

Depois de uma primeira temporada conturbada, JL obtém grande resultado com sua Ducati - e na chuva!

A pole foi conquistada por Dani Pedrosa (26, Honda), mas logo na largada o piloto ficou para trás. Ainda na primeira volta, quem tomou a ponta foi o francês Zarco, seguido de perto por Lorenzo. Márquez largou em sétimo e logo saltou para as primeiras colocações, pilotando com cautela para evitar uma eventual queda que colocasse em risco sua vantagem no campeonato. No início de prova Dovi era o quinto, pois largou mal, e logo nas primeiras voltas disputou posição com Marc, revezando algumas trocas de posição e quase ocorrendo colisões. Após três voltas de investidas o italiano conseguiu passar o líder da temporada e, com uma pilotagem agressiva, iniciou sua perseguição aos ponteiros. Apesar de fazer uma grande prova, Zarco não conseguiu segurar a escuderia Ducati com sua Yamaha defasada e abriu ultrapassagem aos piltos 99 e 04, obtendo um interessante terceiro lugar. Márquez concluiu a prova em quarto, e Pedrosa fechou o top 5.

Novo campeão da MotoGP será conhecido apenas na etapa final

O único piloto capaz de tirar o título das mãos de Marc Márquez em 2017 é Dovizioso. Vinte e um pontos atrás do líder (com 261 contra 282) suas chances são pequenas, mas a possibilidade matemática mantém acesa sua esperança de conquistar o primeiro troféu da MotoGP. Para isso, por exemplo, Dovi precisaria somar os 25 pontos da vitória em solo espanhol enquanto Márquez ficasse apenas com a 13ª colocação ou sofresse um abandono (por queda ou falha mecânica, situações que já aconteceram em outras provas da temporada). É difícil, mas pode acontecer.

Dovi e Márquez têm seis vitórias cada. O espanhol possui considerável vantagem e está muito perto de conquistar seu quarto título na MotoGP (em cinco temporadas!!!), mas Dovizioso arriscará tudo na última prova

Dovi e Márquez têm seis vitórias cada. O espanhol possui considerável vantagem e está muito perto de conquistar seu quarto título na MotoGP (em cinco temporadas!!!), mas Dovizioso arriscará tudo na última prova

Nesta temporada Márquez (Américas, Alemanha, República Checa, San Marino, Espanha – Aragão, Austrália) e Dovi (Itália, Espanha – Catalunha, Áustria, Inglaterra, Japão, Malásia) obtiveram seis vitórias cada. Maverick Viñales, o terceiro colocado no campeonato, venceu três (Quatar, Argentina, França), todas no início do calendário. Assim, em um campeonato acirradíssimo e protagonizado pelos pilotos 93 e 04, tudo será decidido em Valência, a grande final. No ano passado, o pódio da prova não teve Dovi, mas contou com a presença de Márquez, campeão antecipado da temporada. Jorge Lorenzo (em sua última prova pela Yamaha) conquistou a vitória, com Marc em segundo e Andrea Iannone (então piloto Ducati) na terceira colocação.

Separador_MotoGPCopyright by Dorna



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.