Campanha

DPVAT é um direito seu: fuja dos intermediários

Sabe aquela horrível sensação de ter sido enganado? Ou mesmo aquela outra – também horrível – de ter gasto algum dinheiro sem ser necessário? Pois é, assim se sentem as pessoas que acabam caindo nas mãos de quadrilhas organizadas para intermediar o recebimento de indenizações do Seguro DPVAT. Por isso a Seguradora Líder-DPVAT faz campanha continuamente para alertar que o pedido de indenização do seguro deve ser realizado, gratuitamente, em um ponto oficial de atendimento.

“A ação de intermediários, ou dos despachantes, que se passam por amigos das vítimas ou de seus beneficiários rouba boa parte das indenizações, chegando em alguns casos a 30% do valor da indenização, quando na verdade fazer essa solicitação é um procedimento inteiramente grátis”, demonstra o diretor-presidente da Seguradora Líder-DPVAT, Ricardo Xavier.

Outdoor da campanha do DPVAT: esforço para evitar intermediários

Outdoor da campanha do DPVAT: esforço para evitar intermediários

Xavier explica também em algumas regiões do País, alguns advogados agem de forma semelhante, estimulando que as vítimas ou beneficiários ingressem com uma ação judicial, o que é totalmente desnecessário, pois, desta forma, parte da indenização é direcionada para o pagamento dos honorários do profissional, além do processo judicial demorar, em média, três anos para ser liquidado. “Na via administrativa, a indenização é paga em até 30 (trinta) dias após a entrega da documentação completa”, explica.

Ricardo Xavier: Perda ao indenizado pode chegar a 30% quando recorre ao intermediário

Ricardo Xavier: Perda ao indenizado pode chegar a 30% quando recorre ao intermediário

Criado em 1974, o Seguro DPVAT indeniza todas as vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, sem necessidade de apuração da culpa, seja motorista, passageiro ou pedestre. O Seguro DPVAT oferece cobertura para três naturezas de danos: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares (até R$ 2.700). Para solicitar a indenização do Seguro DPVAT basta seguir três passos:

  1. Escolher um ponto oficial de atendimento. A listagem completa por cidade pode ser acessada no site do DPVAT ou pelo telefone 0800 022 1204. Lembre-se: as agências próprias dos Correios também recebem gratuitamente pedidos de indenização do Seguro DPVAT.
  2. Reunir a documentação necessária de acordo com a cobertura – morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas e hospitalares.
  3. Preencher o pedido de indenização em um ponto oficial de atendimento e entregar a documentação. O pedido vai gerar um número de protocolo, que pode ser utilizado para acompanhar o processo tanto no site, quanto no SAC, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Sobre o DPVAT

Os recursos do Seguro DPVAT são financiados pelos proprietários de veículos, por meio de pagamento anual. Do total arrecadado, 45% são repassados ao Ministério da Saúde (SUS), para custeio do atendimento médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito em todo País. Outros 5% são repassados ao Ministério das Cidades, para aplicação exclusiva em programas destinados à prevenção de acidentes de trânsito. Os demais 50% dos recursos são voltados para o pagamento das indenizações, constituições de provisões técnicas – característica inerente à atividade seguradora – e despesas com administração. A gestão do Seguro DPVAT custa cerca de 4% dos recursos e o lucro é limitado por lei a 2% antes dos impostos. Para saber mais ligue para 0800 022 12 04, a qualquer hora, todos os dias.Separador_2



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.