Brando e sua jaqueta: inconfundível

Para amantes das motos e do cinema

A paixão pelas motos não ficou de fora das telas. O estilo de vida em duas rodas praticado por mocinhos, rebeldes caras comuns ou vilões foi retratado em diversos gêneros do cinema e muitos desses filmes tornaram-se clássicos que ultrapassam gerações. Veja, ou reveja, alguns desses filmes que costumam agradar os fãs das motos e do cinema. Nas fotos há links para o Youtube.

Brando e sua jaqueta: inconfundível

Brando e sua jaqueta: inconfundível

O Selvagem (The Wilde One – EUA, 1953. Drama) – O personagem Johny Strabler, interpretado por nada mais, nada menos que Marlon Brando pilotando uma Triumph Thuderbird 6T, ele é líder de uma gangue de motoqueiros que invade uma pequena cidade. Marlon Brando influenciou gerações com sua clássica jaqueta de motociclista, que, apesar de hoje existirem modelos mais modernos (veja aqui outros modelos de jaquetas), até hoje não saiu de moda, junto com sua boina e postura rebelde.

Sem Destino (Easy Rider – EUA, 1969. Road Movie/ Aventura/Drama) – Obra-prima da contracultura cinematográfica, o filme abordou tensões e diferentes retratos sociais da década de 1960 na América, contando a história de motociclistas que viajavam em suas Harley Davidson Hydraglide (1949, 1950, 1952).  A trilha sonora ficou por conta do grande sucesso Born to be wild do grupo Steppenwolf.

Sem destino: inspiração de muitos jovens na época

Sem destino: inspiração de muitos jovens na época

Desafiando os Limites (The Word’s Fastest Indian – EUA/Nova Zelândia, 2005. Drama) – O filme foi baseado na história real do piloto de motocicletas Burt Munro (Anthony Hopkins), que passou a vida trabalhando em sua Indian Scout e com ela participa bate um recorde mundial de velocidade com motores até 1000cc. Quando o feito foi realizado, Munro tinha 68 anos, e sua moto já alcançava os 47 anos de idade. Veja mais em https://www.youtube.com/watch?v=jW61Qiko4sg.

Mad Max (Nova Zelândia, 1979. Ação/ Ficção Científica) – O filme retrata o colapso da sociedade em uma civilização decadente. Um policial busca por vingança depois que uma gangue de motards o responsabilizar pela morte de seu líder. Mel Gibson pilota uma Kawasaki K-1000 e Rickman Framed é o piloto de uma Kawasaki 900.

Mad Max: as motos como vilãs

Mad Max: as motos como vilãs

Motoqueiro Fantasma (Ghost Rider – EUA/Austrália, 2007) – A adaptação do clássico HQ da Marvel traz Nicolas Cage interpretando Jhonny Blaze, famoso motociclista acrobata que vendeu sua alma ao diabo para salvar a vida de seu pai, e assim recebe uma maldição que o transforma no Motoqueiro Fantasma. Blaze tenta impedir que o filho do diabo realize seus planos de dominar a Terra e tem de usar sua maldição para o bem, pilotando sua Chopper customizada por forças sobrenaturais.

Fantasma: fantasia dos quadrinhos
Fantasma: fantasia dos quadrinhos

Fugindo do Inferno (The Great Scape – EUA, 1963. Guerra/Aventura) – Baseado em uma história real que ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial, o filme retrata a fuga de soldados aliados do um campo de concentração mais seguro da Alemanha. Steve McQueen interpreta o Capitão Virgil Hilts e realiza todas as suas cenas de ação pilotando uma 650 Triumph TT, especialmente modificada para se parecer com uma BMW utilizada durante a guerra.

Uma das cenas mais famosas do cinema: Steve McQueen, o ator sem dublê
Uma das cenas mais famosas do cinema: Steve McQueen, o ator sem dublê

Fúria em Duas Rodas (Torque – EUA, 2004. Ação) – O filme não foi um sucesso de crítica, mas é um deleite para os apreciadores de ação e velocidade. Cary Ford é um motoqueiro incriminado por um antigo rival e passa a ser procurado pelo assassinato de um líder de gangue. Enquanto ele tenta limpar seu nome, é perseguido pela gangue de motoqueiros que o quer morto. Veja mais em https://www.youtube.com/watch?v=F8GAKhc85z0

Você conhece outros filmes que poderiam estar nesta lista? Então compartilhe e diga qual filme sobre duas rodas que não faltaria na sua lista!