Ducati Diavel virou estrela de cinema

Ducati completa um ano de Brasil

A Ducati, marca de motos que agrega a “autêntica performance italiana” em alto desempenho, tecnologia de ponta e design inovador, comemora um ano de sucesso na operação brasileira. Com fabricação e lojas próprias no país desde outubro de 2012, a companhia atingiu no final de setembro a marca de 374 unidades comercializadas, número 14% superior às expectativas da companhia.

Ducati Monster 796

Ducati Monster 796

Deste total, 86% foram de modelos que já são montados no Brasil (16% Monster 796 lançada em agosto e 70% Diavel). O sucesso de vendas destes dois produtos comprova o acerto na estratégia de nacionalizar a montagem das motos. Neste sentido, a marca já planeja ampliar a produção local. “A aceitação desses modelos nos impulsiona a aumentar a linha de motocicletas produzidas no Brasil. Pretendemos investir nesse processo”, afirma Ricardo Susini, Diretor Geral da Ducati no Brasil.

O bom resultado comercial está diretamente ligado à estratégia de negócios adotada pela companhia no Brasil, que optou por desenvolver uma rede própria de lojas e oficinas exclusivas Ducati Service, garantindo qualidade e atendimento premium tanto no momento da venda quanto no pós-venda.

Ducati Diavel

Ducati Diavel

Hoje, a marca conta com quatro lojas (uma na capital de São Paulo, duas no interior paulista – Campinas e Ribeirão Preto -, e uma em Goiânia – GO). De acordo com o executivo, este é apenas o início de um amplo plano de expansão da marca no Brasil.

“O objetivo é chegar a um total de 13 lojas próprias até o final de 2014. Inclusive, estão sendo inaugurados novos pontos no Rio de Janeiro e Porto Alegre. Curitiba, Florianópolis e Belo Horizonte deverão ganhar unidades ainda este ano”, completa o executivo.

Além disso, o nordeste do Brasil também é visto como importante para a marca italiana de motos premium. “São regiões de alta demanda por este tipo de motocicleta. Estamos de olho em Fortaleza, Recife e Salvador e avaliando a possibilidade de abertura de loja nessas cidades até 2014. Com tudo isso, certamente a Ducati Brasil se tornará uma das cinco operações mais importantes da companhia no mundo até 2015″, conclui Susini.

DUCATI HOMENAGEIA LEGADO DE AYRTON SENNA COM MODELO EXCLUSIVO
A 1199 Panigale S Senna foi especialmente desenvolvida em tributo aos 20 anos do legado do piloto de Fórmula 1

A paixão pela velocidade sempre esteve estampada nas conquistas de Ayrton Senna. Fora do cockpit, o piloto de Fórmula 1 alimentava seu entusiasmo também por motocicletas e era um Ducatista, dono de uma Monster 900 e uma Desmo 851. Em 1994, Senna esteve na fábrica da Ducati em Borgo Panigale, na região de Bologna (Itália), e contribuiu para que a Ducati desenvolvesse uma série especial, que mais tarde levaria o seu nome, 916 Senna.

Edição limitada da 1199 Panigale em homenagem a Ayrton Senna

Edição limitada da 1199 Panigale em homenagem a Ayrton Senna

Para homenagear o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos, a Ducati apresenta em primeira mão no Brasil a nova 1199 Panigale S Senna. O modelo exclusivo é uma releitura da 916 Senna, desenvolvida com o toque pessoal de Ayrton e que se tornou uma das motocicletas mais famosas da marca. “Ela alia o design da 1199 Panigale S com as cores cinza Senna e vermelho, ambas desenvolvidas pela Ducati de acordo com especificações passadas pelo próprio piloto, que na época desejava criar um ícone de absoluto desejo”, afirma Ricardo Susini, Diretor-Geral da Ducati no Brasil.

Apenas 161 unidades serão produzidas, em alusão ao número de GPs vencidos por Ayrton Senna

Apenas 161 unidades serão produzidas, em alusão ao número de GPs disputados por Ayrton Senna

Apenas 161 unidades serão fabricadas e numeradas (referência ao total de Grandes Prêmios disputados por Ayrton Senna na F1) e ficarão nas mãos de poucos colecionadores e fãs do piloto. Parte dos lucros oriundos da venda da edição limitada da 1199 Panigale S Senna será revertida para os programas e as soluções educacionais do Instituto Ayrton Senna.