Foto: Divulgação

Ducati no cinema em Encontro Explosivo

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Tom Cruise é um agente secreto e Cameron Diaz é uma mulher que se vê entre aqueles que ele alega lhe terem preparado uma cilada. Os dois se aventuram pelo mundo, em meio a um emaranhado de traições, fugas arriscadas e acabam se dando conta de que podem contar apenas um com o outro.

Neste cenário, o filme Encontro Explosivo, com estreia nacional agora em julho apenas nos cinemas, apresenta ininterruptas sequências de perigosas ações. De uma motocicleta que manobra radicalmente por entre um grupo de touros espanhóis, a uma perseguição engraçada e furiosa pelo centro de Sevilha, quase todas as tomadas do filme exigiram intensa coreografia de dublês e planejamento de efeitos especiais.

Na Espanha, o filme capta cenas que ficarão como um clássico de fuga de moto no cinema, no famoso evento El Encierro, as corridas dos touros, tradição que vem do século 16 e que acontecem em várias cidades espanholas.

As do filme foram tomadas em Cádiz, onde Cruise pilota uma Ducati Hypermotard 1100 com Cameron Dias na garupa, no meio dos touros, misturando corredores e os animais desembestados, além de perseguições por outros veículos. Os atores participaram da filmagem de algumas cenas, mas obviamente a produção se valeu de experientes pilotos para alcançar aperformance cenas especiais. Não é fácil fazê-las e a Ducati Hipermortard foi escolhida por seu desempenho em condições extremas.

Usaram uma moto de série, que não precisou de preparo para realizar as cenas. É a mesma que anda pelas ruas da Europa e do Brasil (Concessionárias Imocx). Tanto que em várias tomadas ela é pilotada pelo próprio Tom Cruise, com Cameron Dias na garupa.

Mas é uma moto impressiontante, com seu motor de 1.100 cc de dois cilindros em L, num chassi tubular de altísima tecnologia, com tudo que uma supermotartd deve ter. Suspensão dianteira superdimensionada, ajustável e invertida Marzocchi, com dois discos de freio gigantescos (305 mm) na roda dianteira, com pinças de quatro pistões da Brembo. Na roda traseira, um único disco de 245 mm com pinça Brembo de dois pistões, montado no meio da roda, porque a balança de alumínio da suspensão só tem o lado esquerdo. Amortecedor Sachs com link progressivo e embreagem do tipo seca e superdimensionada. As rodas são de liga leve com cinco raios.

Além desse sofisticado equipamento, a Ducati Hypermortard 1100 tem soluções únicas, com um esmerado acabamento. Os piscas dianteiros ficam na parte traseira dos espelhos dianteiros, na ponta do protetor do guidon. São dobráveis, para que em uso radical sejam recolhidos. E os dois escapamentos em baixo do banco dão um visual agressivo, deixando a moto ainda mais estreita. E com uma potência e torque maiores que qualquer outra moto da categoria no mundo, a Hypermotard pesa apenas 179 Kg.