eletrico1

Elétricos terão de fazer mais barulho

A NHTSA, administração nacional de segurança de trânsito norte-americana, quer que os veículos elétricos façam mais barulho a baixas velocidades (até 30 km/h) para evitar uma provável forte tendência a atropelamentos. As poucas pesquisas feitas até o momento dizem que 30 km/h num veículo elétrico é uma velocidade crítica para pedestres de mais idade, pessoas com pouca capacidade auditiva e crianças, principalmente em grupo. Acima desta velocidade o problema parece não existir, já que o próprio deslocamento do veículo gera ruídos aerodinâmicos e de atrito entre pneus e solo.

O público americano tem 60 dias para comentar sobre a nova regra proposta. A NHTSA estima que ela poderá evitar danos, inclusive fatais, a 2.800 pedestres e ciclistas por ano de cada ano-modelo de carros e comerciais leves elétricos e híbridos.

As novas regras serão resultado de uma proposta de lei passada no Congresso em 2010, chamada Pedestrian Enhancement Act, ou lei de ampliação (de segurança) de pedestres.