Foto: Adriano Winckler/Divulgação - Leandro Silva disputa o Latino Americano

Elite do Motocross brasileiro disputa Latino-Americano

Foto: Adriano Winckler/Divulgação - Leandro Silva disputa o Latino Americano

Foto: Adriano Winckler/Divulgação - Leandro Silva disputa o Latino Americano

Este e o próximo final de semana acontecem a segunda e terceira etapas do Latino-Americano de Motocross, em Guará (Distrito Federal, 29 e 30 de maio) e Cacoal (Rondônia, 5 e 6 de junho).

As provas, válidas pela categoria MX2, colocará alguns dos melhores pilotos da modalidade, como Leandro Silva, Jean Ramos, Swian Zanoni e Wellington Garcia (Equipe Honda) contra alguns dos melhores nomes em atividade do continente. Todos comemoraram a oportunidade. “Competir é sempre bom. Assim a gente consegue afiar o ritmo de prova”, comentou Swian Zanoni.

Wellington Garcia confia em um bom resultado: “A 250cc dá uma melhorada na minha pilotagem. Estou com boa velocidade”, declara. A etapa do Latino será disputada na “Pista do Cave”, que tem 1.510 metros de extensão e largura mínima de oito metros.

Um dos principais pilotos, o paranaense Leandro Silva participou de gravações com equipes de esporte de TVs e jornais da capital federal. Segundo o piloto, a expectativa pela prova é bastante grande e a pista está de alto nível técnico. “Ficou muito bem construída, com saltos perfeitos e uma largura excelente. Tenho certeza de que será uma grande prova. Já fui vice-campeão do Latino-Americano em duas oportunidades e não quero bater na trave novamente”, declarou Leandro.

A prova terá participação confirmada de pilotos do Brasil, México, Peru, Equador e Venezuela. O americano Scott Simon, vencedor da primeira etapa do Brasileiro de Motocross de 2010, está inscrito na competição correrá como representante da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Além das duas baterias da categoria MX2, o presidente da FMDF (Federação de Motociclismo do Distrito Federal), Carlos Senise, confirmou uma bateria da categoria regional, com pilotos que disputam o Campeonato Brasiliense de Motocross.

“Queremos apresentar um grande evento ao público e também permitir que nossos pilotos tenham um contato mais direto com pilotos de nível internacional”, disse Senise.

Confira a programação da prova deste domingo:

9h45m às 9h50m – Treino de Largada – Latino
9h55m às 10h – Treino de Largada – Latino
10h às 10h30m – Warm Up – Latino
11h às 11h10m – Warm Up – Força Livre DF
14h às 15h (30min + 2 voltas) – Prova – Latino
15h às 16h (30min + 2 voltas) – Prova – FMDF
16h às 17h (20min + 2 voltas) – Prova – Latino