Em casa, piloto Geração Yamaha quer encerrar 2010 com títulos

Em casa, piloto Geração Yamaha quer encerrar 2010 com títulos

Em casa, piloto Geração Yamaha quer encerrar 2010 com títulos

Líder na MX1 e vice-líder na MX2, Anderson Cidade busca título para coroar temporada de sucesso

O piloto Anderson Cidade, da equipe Geração Yamaha, participa neste fim de semana (10 e 11 de dezembro) da última etapa do Campeonato Catarinense de Motocross, que acontece no motódromo Pedra Branca, em São José, Grande Florianópolis. Animado com o fato de correr em sua cidade natal, o piloto espera obter um bom desempenho para conquistar seus primeiros títulos de 2010.

A temporada tem sido uma das melhores da carreira de Cidade. Pela primeira vez, ele foi convocado para representar o Brasil no Motocross das Nações, competição considerada a Copa do Mundo do MX. Além de fazer sua estreia internacional representando o país, Cidade obteve ainda resultados muito expressivos nas competições nacionais.

Vivendo um bom momento, Cidade espera vencer na MX1 e na MX2 para conquistar seus primeiros títulos na temporada 2010. O retrospecto de favorito vem amparado no bom desempenho recente: além de ter vencido a última etapa do catarinense, o piloto andou muito bem na final do Brasileiro de Motocross, quando terminou em segundo lugar.

“Estou com uma expectativa boa. Quero vencer as provas e brigar pelo título. Correr em casa me dá muita tranqüilidade afinal, eu conheço bem o local. Além disso, terei o apoio de família e amigos, que irão torcer por mim”, disse.

Mas Anderson não terá uma tarefa fácil para ficar com o título. Entre os concorrentes pelo primeiro lugar da competição está, por exemplo, João Paulo Feltz, seu companheiro de equipe. Líder na MX2, ele também quer o título de campeão catarinense na temporada 2010.

Também correndo em sua cidade natal, Richard Berois espera conquistar o título da MX3. O piloto, que venceu a última etapa e assumiu a liderança da competição, espera repetir o bom desempenho para ficar com o título. Gabriel Gentil, o último integrante da equipe, ainda se recupera de uma lesão na mão e continua de fora.