Em fim de semana perfeito, 2B Duracell Racing vence todas as provas que participa

O fim de semana não poderia ter sido melhor para a equipe 2B Duracell Racing. A equipe, que participou neste fim de semana (24.10) da 5ª etapa do Mineiro de Motocross, em Barbacena e da penúltima etapa da Superliga, em Canelinha, SC, venceu todas as provas que participou, mostrando porque é considerada uma das equipes mais fortes do Brasil.

Foram oito vitórias neste domingo, com seis pilotos diferentes. O principal destaque do dia ficou por conta de Jorge Balbi, que venceu as baterias da MX1 e da MX2 da Superliga de Motocross. Na mesma competição, Anderson Amaral e Nivaldo Viana venceram na MXJr e CRF 230cc, respectivamente.

Já em Barbacena, os resultados não foram diferentes: Pipo Castro venceu na MX1 e na MX2, Mariana Balbi faturou a vitória na MX3 e Rodrigo Lama ganhou na MXJr. A equipe ainda subiu ao pódio com Gustavo Amaral, que foi 3º na MX2 e 4º na MX1.

Em Santa Catarina, Balbi provou que, se não fosse a contusão que o afastou de algumas provas, estaria na briga pelo título da Superliga de Motocross. O mineiro venceu a MX1 e a MX2, não dando nenhuma chance aos seus adversários.

Na MX2, Balbi largou na frente e dominou a prova de ponta a ponta. Depois de uma boa largada, o mineiro imprimiu um ritmo muito forte e começou a abrir vantagem para os seus adversários, terminando com mais de dez segundos de vantagem sobre o segundo colocado. Na MX1, a história não foi muito diferente. Balbi não largou tão bem como na MX2 mas, logo no início da prova, já assumiu a liderança. Muito rápido, abriu boa vantagem e não deu chances aos adversários.

-Infelizmente não estou na briga pelo título, mas estou muito feliz com o meu desempenho aqui em Canelinha. Vim pra cá disposto a conseguir as vitórias para a equipe e, felizmente, deu tudo certo. Gostaria de parabenizar ainda meus companheiros de equipe, que também venceram neste fim de semana fantástico-, declarou o piloto.

Na categoria MX Jr, Anderson Amaral venceu e diminuiu a vantagem para o líder da competição, Endrews Armstrong, para quatro pontos. Anderson aproveitou o erro do seu adversário na largada e, logo na primeira volta, já assumiu a liderança e começou a abrir vantagem sobre os seus rivais. Muito focado, ele venceu de ponta a ponta.

-Cheguei aqui nove pontos atrás do líder e saio daqui apenas quatro pontos atrás. Apesar de estar mais próximo, ainda estou atrás no campeonato e sei que não será fácil ser campeão. Mas vou me preparar para tentar fazer o melhor possível na final e, quem sabe, vencer também a Superliga-, comentou o piloto que busca o terceiro título nacional nesta temporada.

Líder em sua categoria, Nivaldo Viana venceu mais uma vez e abriu doze pontos sobre o vice-líder da competição, Ismael Rojas. Esta foi a quarta vitória do piloto no campeonato e, agora, Nivaldo está a apenas um sexto lugar do seu primeiro título pela 2B Duracell Racing.

-Ainda não tem nada decidido e, quem conhece Motocross, sabe que tudo pode acontecer. Tenho que continuar me preparando muito porque, se não fizer uma boa prova na final, posso colocar jogar o trabalho de toda uma temporada por água abaixo-, explicou.

Mineiro de Motocross
No Mineiro de Motocross, a equipe mais uma vez deu um verdadeiro show, vencendo todas as provas que participou. Mariana Balbi, que fez aniversário ontem, foi a primeira a entrar na pista e, logo na primeira bateria do dia, já conseguiu um excelente resultado. Ela venceu a MX3 com folga e comemorou muito a vitória.

-Como eu tinha dito, o que eu mais queria de presente era uma vitória e, felizmente, ela veio. Fiquei muito feliz em vencer mais uma etapa aqui do Mineiro. Pena que não pude participar de todas as etapas, senão, estaria na briga pelo título-, comentou ela, que ficou em quinto lugar nas categorias MX1 e MX2.

Depois foi a vez de Rodrigo Lama vencer, na MXJr. Assim como Mariana, Lama venceu a prova com folga e não teve seu primeiro lugar ameaçado em nenhum momento.

Mas o grande destaque da equipe no Mineiro foi Pipo Castro que venceu as duas principais baterias do dia, a MX1 e a MX2. Atual líder nas duas categorias, Pipo aumentou ainda mais a vantagem na MX1 e ficou mais próximo do bicampeonato.

-Estou muito feliz de ter conseguido vencer as duas baterias do Mineiro. Passamos a semana toda aqui treinando e estávamos muito focados para a prova. Principalmente pra mim, a vitória era muito importante pois agora estou ainda mais próximo de quem sabe dois títulos-, explicou.

A 2B Duracell Racing tem o patrocínio de Gilette, Monster Energy, Ariel, Mobil, i9/Coca-Cola, Mormaii, Café Fino Grão e Mart Plus. Os patrocinadores/fornecedores são NFS, NEYFA, Pirelli, Laquila e MRPRO.