Foto: Tampa lateral DR650 - Bitenca

Embreagem para loucos – Cordura ou polyester, é tudo a mesma coisa –

Foto: Tampa lateral DR650 - Bitenca

Foto: Tampa lateral DR650 - Bitenca

Olá amigos do Motonline -nós proprietários das DR 650 antigas (até 96), estamos tendo problemas de incompatibilidade de peças original.
Todos estão tendo problemas com os Separadores da Fricção. Eu já tive esse problema a mais de um ano, só que no caso, como não sabia que tinha acontecido com outros, achei que tinha sido “escolhido” e acabei montando a fricção nos separadores antigos, e agora soube de mais 5 pessoas tiveram o mesmo problema. O que acontece: O cód. da peça adquirida, é certo, igual ao do catálogo, e tbm igual ao dos catálogos que vendem peças no exterior, só que as peças vem mais grossas do que os separadores antigos originais que vem com a moto, e não é possível montar o jogo de fricção e separadores.
Meu amigo que fez a compra recente, reclamaou com a Suzuki Matriz, e ela diz que é caso isolado, mas se comprar a peça de novo vem com esse mesmo problema ? O que agente pode fazer ? Lucas, 24, Birigui, SP.

R: Lucas, verificando nas microfichas de lojas nos EUA, você pode ver que nos modelos até 1993 todos os separadores (Driven Plate) são iguais:
6 PLATE, DRIVEN (T:1.4) – 1,4 se refere à espessura em milímetros.
No modelo 1994 já tem separador especial junto à mola prato, aquela próxima da pista lisa de alumínio que evita a embreagem colar muito repentinamente. Você deve verificar que esse pequeno conjunto fica travado por um fio de aço, as peças são:
5 PLATE, DRIVEN, NO.1 (T:1.4)
1 PLATE, DRIVEN, NO.2 (T:2.0), mais grosso portanto.
No modelo 1996 os separadores são diferentes, e são em maior número.
7 PLATE, DRIVEN,NO.1 (T:1.6), mais grosso que o 1,4 de 1994 mas mais fino que o de 2 mm (número 2).
1 PLATE (117X132.5X1.20) (T:2).
Verifique qual a espessura necessária para a sua moto e procure na loja pela mesma espessura. (leve o paquímetro) O desgaste nos separadores é mínimo e você deve encontrar a medida bem próxima da que está em uso.

Na época quando realizei a troca da minha, conferi o código da peça, e realmente era o código do kit de 1994, no caso da minha DR, porém, aferido com paquimetro, dava diferença de mais de 1 milimetro. Agora aconteceu o mesmo com o kit desse meu amigo, é o código da peça de 1994, porém é mais grosso que o kit original, sendo como vc disse, 1 maior e mais grosso, e outro menos, porém, mais grossos que o original que está na moto.
Na minha DR, eu já me acostumei, foi necessário tirar aquela “arruela” para que a fricção grudasse de uma só vez, assim ficou bom o kit de fricção nova, porém com separadores, antigos, só que agora, que outros tiveram esse problema, penso na próxima troca, no qual precisarei trocar os separadores, e essas peças estão vindo fora de padrão. Ou pode acontecer das DR 1994/96 brasileiras tiverem sido montadas com os kits das DR 1991/93 ?

R: É conhecido o sistema da J.Toledo nas aquisições de motos no exterior. Às vezes eles adquirem um lote de um ano e montam para vender como sendo de outro. Isso pode ter gerado esse (e outros) problemas em relação aos catálogos de peças e os componentes presentes nas motos que estão de fato nas ruas.
Essa manobra de retirar a mola prato do sistema das DR650 é muito usada como alternativa, antes de trocar todo o conjunto. Como você percebeu, esse sistema serve para suavizar os engates das marchas e quando o conjunto de discos atingem um limite de desgaste, se for retirada a mola (arruela) o funcionamento do conjunto volta quase que ao normal. Precisa ter mais cuidado nas saídas e mudanças das marchas baixas porque agora há tendência de a embreagem colar subitamente, dando trancos na transmissão. Você precisa ter a mão mais atenta e cuidadosa nas saídas e trocas de marchas baixas, principalmente da primeira para a segunda. Você sabe o torque que esse motorzão tem. Da próxima vez troque apenas os discos de fibra, deixe os separadores originais.


Ola, eu novamente com uma duvida, tenho uma jaqueta de Poliester 600D que uso na cidade, mais agora quero compra um Kit completo para a estrada com jaqueta, calça, luva e bota so que estou com a seguinte duvida qual a diferença entre o poliester 600D e a Cordura? se existe diferença qual delas ofereçe maior proteção? tenho uma Yes 125 mais vou trocar por uma 250(não sei qual) so depois que tiver os equipamentos. Alvaro, 26, Vitória, ES.

R: Álvaro, o Cordura 1000D é um tecido de polyester como o próprio 600D. A diferença é a marca Cordura e a densidade que é indicada pelo 1000D, maior portanto que o 600D.
As características do 1000D é que por ser mais denso, (trama mais fechada e/ou mais fios por centímetro quadrado) tem uma resistência maior à abrasão e tem uma vedação melhor contra as intempéries, porém o 600D é mais leve e pode ficar mais em conta.
Resumindo, o polyester é o nome genérico e Cordura é a marca registrada. Mas a atenção deve estar concentrada na especificação do tecido. O 1000D é mais pesado e portanto oferece mais proteção que o 600D, tanto no aspecto segurança quanto ao vento e frio. Abraços,