Foto: Mark Aitchison, piloto Honda no Mundial de Supersport

Emoção e novidades marcam categorias internacionais em 2011

Foto: Mark Aitchison, piloto Honda no Mundial de Supersport

Foto: Mark Aitchison, piloto Honda no Mundial de Supersport

Dos campeonatos tops, primeiro a começar será o Mundial de SBK/SSport; veja também o que esperar da MotoGP e do Mundial de MX

A contagem regressiva para as emoções das duas rodas em 2011 já foi aberta e tem hora certa para acabar. Das categorias tops que a Honda faz parte, a primeira a acelerar será o Mundial de Superbike/Supersport, em 27 de fevereiro, na Austrália, no circuito de Philip Island.

Os testes coletivos preparatórios para o início da temporada vão ocorrer em Portugal, no autódromo de Portimão, entre os dias 26 e 28 de janeiro, com presença da absoluta maioria dos competidores de 2011, já com suas novas motos e pinturas.

No calendário, a grande atração é o retorno do tradicional circuito de Donington Park, na Inglaterra, que sediará a segunda etapa da temporada, em 27 de março. Entre os pilotos, a expectativa na Superbike é de uma acirrada disputa entre Max Biaggi, campeão antecipado, e Carlos Checa, que teve excelente final de ano. O inglês Jonathan Rea, terceiro no Mundial, é a esperança de bons resultados para a Honda. Ele fez testes pela MotoGP no final do ano passado.

Na Supersport, a briga deve ficar de novo entre os pilotos Honda Kenan Sofuoglu, da Turquia, o atual campeão, e o irlandês Eugene Laverty, o vice, que brigou até o fim da extensa temporada.

Saúde, acima de tudo – Na MotoGP, a expectativa é por um ano sem lesões dos últimos postulantes ao título – Jorge Lorenzo, Valentino Rossi e Dani Pedrosa. Deles, apenas Lorenzo, campeão em 2010, conseguiu disputar a temporada toda sem se ausentar por questões médicas ou físicas.

A equipe Repsol Honda terá o reforço na temporada 2011 do australiano Casey Stoner, que corria na Ducati. Ele se juntará aos dois integrantes regulares da equipe em 2010, o espanhol Dani Pedrosa e o italiano Andrea Dovizioso. Para os fãs da motovelocidade, o trio terá um quê de saudosismo, lembrando do que ocorreu na década de 1990, quando a Repsol Honda assombrou o mundo perfilando em seus boxes pilotos do naipe de Michael Doohan, Alex Crivillé e o japonês Shinichi Itoh. Boa parte do currículo do time na MotoGP (90 vitórias e 252 pódios) se deve ao trio.

Outro assunto de interesse é a troca de equipe do italiano Valentino Rossi, que saiu da Yamaha para a Ducati.

Um novo capítulo – Focando esforços na categoria MX1 no Mundial de motocross, a Honda World Motocross Team já definiu sua dupla para 2011. Trata-se do português Rui Gonçalves, ex-KTM, e da esperança russa Evgeny Bobryshev.

Ambos já testaram a CRF450R na Europa e Ásia, e a expectativa é de voltar a brigar pelo título. Em 2010, Bobby, como o russo é chamado, ficou em nono no campeonato. Já Gonçalves está animado com a recém-formada união com a Honda: -A nova moto é ótima, só preciso adaptá-la ao meu estilo-, comentou.

O Brasil verá as feras da categoria top do motocross mundial em 22 de maio, em local ainda a ser anunciado. No ano passado, Campo Grande (MS) recebeu a etapa que contou com a presença dos pilotos da Equipe Oficial Honda que competem no Brasil.

Veja as datas completas das categorias internacionais em 2011:

MOTOGP
20 de março – GP do Qatar, em Losail
3 de abril – GP da Espanha, em Jerez
24 de abril – GP do Japão, em Motegi
1° de maio – GP de Potugal, no Estoril
15 de maio – GP da França, em Le Mans
5 de junho – GP da Catalunha, em Barcelona
12 de junho – GP da Grã-Bretanha, em Silverstone
25 de junho – GP da Holanda, em Assen
3 de julho – GP da Itália, em Mugello
17 de julho – GP da Alemanha, em Sachsenring
24 de julho – GP dos EUA, em Laguna Seca
14 de agosto – GP da República Checa, em Brno
28 de agosto – GP de Indianápolis, em Indianápolis
4 de setembro – GP de San Marino, em Misano
18 de setembro – GP de Aragón, em Motorland
16 de outubro – GP da Austrália, em Philip Island
23 de outubro – GP da Malásia, em Sepang
6 de novembro – GP de Valência, em Valência

SUPERBIKE/SUPERSPORT
27 de fevereiro – GP da Austrália, em Philip Island
27 de março – Gp da Europa, em Donington Park
17 de abril – GP da Holanda, em Assen
8 de maio – GP da Itália, em Monza
30 de maio – GP dos EUA, em Miller Park
12 de junho – GP de San Marino, em Misano
19 de junho – GP da Espanha, em Motorland 10 de julho – GP da República Checa, em Brno
31 de julho – GP da Inglaterra, em Silverstone
4 de setembro – GP da Alemanha, em Nurburgring
25 de setembro – GP da Itália, em Imola
2 de outubro – GP da França, em Magny-Cours
16 de outubro – GP de Portugal, em Portimão

MUNDIAL DE MX
10 de abril – GP da Bulgária, em Sevlievo
25 de abril – GP da Holanda, em Valkenswaard
15 de maio – GP dos EUA, em Glen Helen
22 de maio – GP do Brasil, a definir
5 de junho – GP da França, em Saint Jean d`Angely
12 de junho – GP de Portugal, em Agueda
19 de junh – GP da Catalunha, em Bellpuig
3 de julho – GP da Suécia, em Uddevalla
10 de julho – GP da Alemanha, em Teutschenthal
17 de julho – GP da Letônia, em Kegums
31 de julho – GP de Limburg, em Lommel
7 de agosto – GP da República Checa, em Loket
21 de agosto – GP da Grã-Bretanha, em Matterley Basin, Winchester
4 de setembro – a definir
11 de setembro – GP da Itália, em local a definir
25 de setembro – Motocross das Nações, Saint Jean d`Angely (França)