Foto: Divulgação

Emplacamentos de veículos novos têm alta de 9,11% no ano

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os emplacamentos do setor automotivo (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros veículos como carretinhas de transporte de jet sky, motos etc ) tiveram aumento de 9,11% na comparação do acumulado de janeiro a outubro de 2010 com o mesmo período de 2009, saltando de 3.989.244 unidades para 4.352.566.

Comparando os meses de outubro e setembro, o setor retraiu 3,07%, diminuindo de 478.311 unidades para 463.645, queda atribuída à menor quantidade de dias úteis, acredita Sergio Reze, presidente da Fenabrave.

Confira os resultados por segmento neste ano:

Automóveis e Comerciais Leves – Juntos, os segmentos cresceram 6,57%, saltando de 2.492.807 unidades para 2.656.461 unidades no período.

Caminhões – Foram negociados 125.572 caminhões de janeiro a outubro deste ano, contra 85.309 caminhões no mesmo período de 2009, uma alta de 47,20%.

Ônibus – As vendas de ônibus evoluíram 26,91%, passando de 18.105 para 22.977 unidades.

Motos – O volume de vendas de motos aumentou 9,80% na comparação entre os acumulados de 2009 e 2010, saltando de 1.318.670 unidades para 1.447.950 unidades.

Implementos rodoviários – O segmento de implementos rodoviários apresentou crescimento de 30,92% comparando o resultado de janeiro a outubro de 2010 com o mesmo período de 2009, passando de 35.444 unidades para 46.405 unidades.

Outros (carretas para transporte de motos, barcos, etc) – Foram negociadas 53.201 unidades no acumulado de 2010, contra 38.909 unidades no mesmo período do ano anterior, num crescimento de 36,73%.