Rômulo Bottrel foi o brasileiro melhor classificado no Mundial de Enduro, realizado nesse fim de semana em Solsona, na Espanha

Enduro: Bottrel está entre os vinte melhores do mundo

O piloto mineiro Rômulo Bottrel, da equipe P3 Racing, completou no domingo (6) o seu terceiro dia de participação no Mundial de Enduro, realizado nesse fim de semana na cidade de Solsona, ne Espanha. Ele terminou na 19ª colocação entre 23 pilotos inscritos na categoria E3.

Rômulo Bottrel foi o brasileiro melhor classificado no Mundial de Enduro, realizado nesse fim de semana em Solsona, na Espanha

Rômulo Bottrel foi o brasileiro melhor classificado no Mundial de Enduro, realizado nesse fim de semana em Solsona, na Espanha

Bottrel conta com o suporte oficial da equipe Beta. Ele divide Box com pilotos como Johnny Aubert, Luis Correa e Giacomo Redondi. Em sua primeira participação no campeonato mundial, o atual campeão brasileiro, disse que o mais importante foi à adaptação.

“Meu primeiro objetivo era completar os dois dias, tendo em vista que eu nunca tive contato com esse terreno e também conhecer a moto, que é mais potente do que a 450 que uso no Brasil. O ritmo da prova é todo muito intenso, as distancias são bem maiores do que estamos acostumados no Brasil e o nível é muito alto, considerando que se trata da elite do Campeonato Mundial”, comentou Bottrel.

Ao final da competição, Bottrel revelou estar feliz com seu desempenho. Foram quase 20 especiais e em grande parte, ele esteve no minuto de pilotos consagrados, como o multicampeão Ivan Cervantes, vencedor das duas etapas na categoria E3. Entre os quatro brasileiros que participaram, o piloto mineiro teve o melhor resultado.

Agora Bottrel parte para Portugal, onde participa da segunda etapa do Mundial, que acontece no próximo final de semana, em Vale de Cambra. Ele espera melhorar ainda mais seu ritmo e voltar para o Brasil com essa experiência que o ajudará muito na defesa do titulo brasileiro. O piloto também quer deixar as portas abertas para uma nova participação no Mundial, e quem sabe, até uma temporada inteira. “Esse é o grande sonho, vamos batalhar para isso”, revelou o mineiro. A participação de Bottrel no Mundial tem o patrocínio de Red Orange Motocicletas, Kini Red Bull, capacetes Airoh e Edgers coroas e pinhões.

Outro piloto mineiro que se destacou no Mundial de Enduro, Vitor Borges, encerrou sua participação na primeira etapa do Campeonato Mundial na 30ª colocação, entre 33 pilotos inscritos na categoria Junior. Foi a sua primeira participação em campeonatos internacionais. “É tudo muito diferente, o terreno, a prova e o nível dos pilotos é muito alto. Foram três dias de muito aprendizado e uma experiência que será importante na minha carreira”, disse o piloto que possui apenas 19 anos e revelou uma grande dificuldade em cumprir os tempos exigidos pela organização da prova.

O brasileiro revelou ainda que poderia ter conseguido um resultado melhor, se não fosse uma queda que lhe tirou preciosos pontos. “Hoje estava bem, sem atrasar o tempo, mas na última volta caí numa subida e entortei o pedal de câmbio, com isso perdi vários minutos”, disse Borges. Agora o brasileiro segue para a cidade de Vale de Cambra, em Portugal, onde acontece o segundo round do Campeonato Mundial.