Topo do Mundo fecha o terceiro dia da edição de 30 anos do Enduro da Independência

Enduro da Independência: resumo do segundo dia da prova

Topo do Mundo fecha o terceiro dia da edição de 30 anos do Enduro da Independência

Topo do Mundo fecha o terceiro dia da edição de 30 anos do Enduro da Independência

O Enduro da Independência chegou à metade nesta quinta-feira pelas montanhas com mais de 1.450 metros de altitude do “Topo do Mundo”, em Brumadinho, Minas Gerais. O segundo dia de disputas da edição de 30 anos teve 190 quilômetros de percurso com muita trilha pesada, calor, subidas técnicas e minério de ferro. O roteiro largou e chegou no Alphaville de Nova Lima, passando pela região de Itabirito, Belo Vale e Congonhas, em Minas Gerais. Nesta sexta-feira, os pilotos seguem para Mariana com 160 km de desafios pela frente.

De acordo com os resultados extra-oficiais, a disputa está pegando fogo na categoria Master. Rodrigo Amaral foi o vencedor do dia, assumindo a segunda colocação da tabela com 77 pontos. Gianino Coscarelli segue líder, mas com apenas três pontos de vantagem (veja os resultados completos abaixo). Em alguns trechos da planilha, o roteiro da categoria de elite foi diferente do percurso das demais classes, como quando passou pela temida trilha do Boi Preto, que relembra caminhos centenários abertos pelos escravos e possui grandes degraus de pedra.

“Certamente foi o trecho mais pesado do dia, exigiu muito preparo físico dos pilotos”, disse Amaral, que não conhecia o local. “Para quem gosta do esporte, a trilha do Boi Preto é maravilhosa e diferenciada, com uma escadaria de pedras extremamente técnica. Fiquei muito feliz com o meu resultado no dia, ainda mais por ter tido problemas com o imã do sensor e ficado uma parte da prova sem navegação”, continuou o piloto.

Relevo mineiro favorece trilhas com alto grau de dificuldade

Relevo mineiro favorece trilhas com alto grau de dificuldade

O terceiro dia de disputas promete e direciona os competidores à região da Estrada Real, tradicional destino do Enduro da Independência. “A relação com o evento e as cidades de lá, como Mariana, é muito forte. Os pilotos gostam muito e pedem para passar pela região”, comentou Gustavo Jacob, presidente do Trail Clube Minas Gerais, organizador da prova. “Chegamos na metade da edição de 30 anos e as nossas expectativas estão sendo correspondidas. Os pilotos estão gostando muito e ainda há muito por vir”, concluiu.

O Enduro da Independência possui 596 km de trajeto no total e a chegada está marcada para este sábado, em Sabará. A prova totalizou 333 pilotos inscritos de diversas localidades do país, divididos em 12 categorias: Master, Sênior, Over 40, Over 45, Over 50, Júnior, Dupla Graduados, Over 55, Feminina, Novatos, Dupla Estreante e Vintage.

Master – Resultados 2º dia (extra-oficiais):
1º – 45 pontos – Rodrigo Amaral
2º – 43 pontos – Sandro Hoffmann
3º – 35 pontos – Gianino Coscarelli
4º – 33 pontos – Mário Vignate
5º – 32 pontos – Guilherme Cascaes

Master – Resultados Acumulados (extra-oficiais):
1º – 80 pontos – Gianino Coscarelli
2º – 77 pontos – Rodrigo Amaral
3º – 71 pontos – Sandro Hoffmann
4º – 69 pontos – Gabriel Badaró
5º – 65 pontos – Guilherme Cascaes