Foto: Marcelo Maragni / O pentacampeão Zé Hélio vence a primeira especial nas motos

Entre as motos, Zé Hélio fecha a primeira etapa na frente

Foto: Marcelo Maragni / O pentacampeão Zé Hélio vence a primeira especial nas motos

Foto: Marcelo Maragni / O pentacampeão Zé Hélio vence a primeira especial nas motos

As mais duras trilhas do Brasil, com inúmeros obstáculos e dificuldades pelo caminho, já começam a ser enfrentadas pelos pilotos e navegadores da edição comemorativa de 18 anos do Rally Internacional dos Sertões. Nesta quarta-feira (11/08), os 235 competidores inscritos disputam a primeira etapa da prova, que liga Goiânia (GO) a Caldas Novas (GO) por um trajeto de 203 quilômetros, com 133 deles em trechos cronometrados. Com início do deslocamento inicial às 07h55, motos e quadris foram as categorias que abriram a disputa.

Como tradicionalmente acontece no Rally dos Sertões, a primeira etapa não apresenta dificuldades extremas aos competidores. Assim, eles podem testar os equipamentos e fazer os últimos ajustes antes de enfrentar as próximas nove etapas. Mesmo em um dia mais tranqüilo, o piloto Zé Helio (BMW 450) acelerou e fechou esta quarta-feira na frente entre as motos, com o tempo de 1h38min47s2. A relação dos mais rápidos da categoria ainda apresentou Felipe Zanol (Honda 450), em segundo, a pouco mais de dois minutos, e o espanhol Marc Coma (KTM 690), em terceiro, com 1h41min48s3.

Foto: Stefan Susemihl / Nahas marcou o melhor tempo também no super prime de terça-feira

Foto: Stefan Susemihl / Nahas marcou o melhor tempo também no super prime de terça-feira

“O primeiro dia foi bom, mas não tão fácil como parecia. A etapa apresentou muita erosão, muita pedra e muita navegação. Foi um dia de rali muito legal”, disse Zé Hélio, pentacampeão – e recordista, ao lado dos irmãos André e Jean Azevedo – de títulos do Sertões.

“A primeira etapa foi muito bonita e agora o Rally dos Sertões começou de verdade. O dia foi um bom aquecimento para a sequência da prova. Foi uma ótima especial para testar a moto. O equipamento se comportou muito bem e está perfeito”, comentou Coma, tricampeão mundial de Rally Cross Country e bicampeão do mítico Dakar.

Entre os quadriciclos, o mais rápido desta quarta foi Robert Naji Nahas (Protótipo), repetindo a primeira colocação do Super Prime, realizado em Goiânia (GO) na véspera da primeira etapa. Bicampeão do Sertões, e recordista de títulos na categoria, o piloto fechou o dia com 01h56min45s1, a frente de Carlo Collet (BRP 800), segundo, e de Francinei Costa (Yamaha 700), terceiro colocado.

“Foi uma especial excelente para me readaptar às competições. O meu último rali havia sido o Sertões 2008. Então um dia que não apresentou tantas dificuldades foi bom para ganhar novamente intimidade com todo o equipamento que usamos. A especial também ajudou a me entender. Agora é fazer alguns ajustes no quadri e se preparar para amanhã (quinta-feira), quando o rali começa de verdade”, falou Nahas.

“Este é o meu primeiro ano no Rally dos Sertões. Não sou favorito, mas certamente vou dar trabalho para o pessoal que anda lá na frente. Vim para andar e conhecer a prova. E hoje (quarta-feira) foi um bom dia de aquecimento para isso”, declarou Francinei Costa.

Confira os 10 primeiros na primeira etapa da Categoria Motos (Geral)
1º – Jose Hélio (BRA) – BMW 450 – 1h38min47s2
2º – Felipe Zanol (BRA) – Honda 450 – 1h40min56s9
3º – Marc Coma (ESP) – KTM 690 – 1h41min48s3
4º – Ike Klaumann (BRA) – Yamaha 450 – 1h43min38s9
5º – Deni Nascimento (BRA) – Protótipo BR 450 – 1h44min28s0
6º – Dário Souza (BRA) – Honda 450 – 1h45min20s7
7º – Kuba Przygonski (POL) – KTM 690 – 1h46min14s9
8º – David Casteu (FRA) – Sherco Rally 450 – 1h47min37s1
9º – Tiago Fantozzi (BRA) – KTM 450 – 1h48min16s9
10º – Juca Bala (BRA) – KTM 450 – 1h48min20s7

Confira os 10 primeiros na primeira etapa da Categoria Quadris
1º – Robert Nahas (BRA) – Protótipo – 01h56min45s1
2º – Carlo Collet (BRA) – BRP 800 – 01h57min30s0
3º – Francinei Costa (BRA) – Yamaha 700 – 01h57min55s5
4º – Marcio Oliveira (BRA) – KTM 530 – 02h03min45s1
5º – Heronaldo M. Segundo (BRA) – Yamaha 700 – 02h04min09s0
6º – Rafal Sonik (POL) – Yamaha 900 – 02h07min11s5
7º – Andre Suguita (BRA) – KTM 525 – 02h09min03s9
8º – Rodolfo Brito (BRA) – Yamaha 700 – 02h11min08s7
9º – Sérgio Klaumann (BRA) – Honda 700 – 02h12min20s5
10º – Tom Rosa (BRA) – Yamaha 450 – 02h14min46s1