Enzo Lopes continua seu desenvolvimento no Motocross; desta vez foi no Campeonato Ricky Carmichael Daytona Amateur Supercross

Enzo Lopes a caminho do Loretta Lynn’s

Enzo Lopes acaba de conquistar vaga para as classificatórias finais do maior campeonato de motocross do mundo, que acontecerá em agosto, no Tennessee. O piloto disputou as classificatórias das áreas Sudeste e Nordeste, nos dias 3-4 e 10-11 de maio nos Estados Unidos.  A classificatória da área Sudeste foi realizada no Aonia MX Park (Geórgia) com grande número de inscritos, o que resultou em divisões de algumas categorias. Enzo estava inscrito para competir em quatro categorias, mas uma forte queda no sábado acabou fazendo com que ele disputasse apenas três.

Enzo Lopes continua representando bem o Brasil nas terras do Tio Sam

Enzo Lopes continua representando bem o Brasil nas terras do Tio Sam

No sábado (3) o piloto começou disputando a categoria Supermini 1. Depois de fazer o holeshot e o melhor tempo da prova, Enzo terminou a primeira bateria em segundo lugar.  Já na primeira bateria da categoria Schoolboy 1, Enzo vinha mantendo a quarta colocação mas cometeu um erro e terminou a prova na sexta colocação.  Na segunda bateria da Schoolboy 1, quando disputava a quinta colocação na útima volta, Enzo caiu nas costelas, batendo muito forte o ombro esquerdo. Mesmo com dor, levantou a moto e conseguiu terminar a prova, alcançando o sexto lugar na classificação geral da categoria Schoolboy 1.

Ainda no sábado, minutos antes da largada da segunda bateria da Supermini 1, a equipe percebeu que a moto 112cc estava falhando e o piloto precisou competir com sua moto reserva de 105cc. Sentindo ainda o ombro machucado e competindo com moto reserva, o piloto conseguiu cruzar a linha de chegada em sétimo lugar, mas em seguida perdeu o pé da pedaleira numa cava e sofreu nova queda, que o deixou em observação no atendimento médico.  Liberado pela equipe médica, Enzo soube que seus esforços lhe garantiram o quarto lugar na classificação geral da categoria Supermini 1.

No domingo (4) aconteceram as provas das categorias Supermini 2 e Schoolboy 2.  Bastante dolorido mas liberado pelos médicos, Enzo cancelou sua participação na categoria Schoolboy 2, e optou por disputar apenas a Supermini 2, que é o foco do piloto nesse ano. Na primeira das duas baterias, quando Enzo estava em quarto lugar na segunda volta, a roda dianteira da sua moto quebrou, arremessando-o longe. Voltou para a pista, desentortou a roda como pôde e terminou a prova em oitavo lugar.  Longe dos problemas terminarem, na segunda e última bateria da Supermini 2 Enzo largou em quarto lugar, mas quando já buscava posição entre os ponteiros, o miolo da ponteira se soltou e a moto começou a falhar.  Mesmo sem condições de saltar, mas imprimindo um ritmo muito rápido na pista, Enzo terminou a prova em sétimo lugar, o que lhe rendeu a classificação na categoria Supermini 2 na sétima colocação geral.

O jovem Enzo Lopes

O jovem Enzo Lopes

Leo Lopes, pai do piloto, desabafa:  “Nesses 30 anos em que acompanho corridas de motocross, e na nossa experiência com o Enzo até o momento, nunca vi tanta coisa dar errado em tão pouco tempo.  O esforço que fazemos para estar aqui é enorme. Nada pode dar errado, mas quando ocorrem transtornos como esses, temos que agradecer pelo fato do Enzo não ter se machucado feio e entender que no nosso esporte nem tudo sai do jeito que planejamos. O importante é que o Enzo cumpriu seu objetivo e passou para a próxima fase”.

Depois de viajar cerca de 2 mil km do estado da Geórgia até Nova York, Enzo Lopes disputou as classificatórias da região Nordeste, na pista de Unadilla. Sem mais nenhum percalço, Enzo classificou-se nas três categorias nas quais se inscreveu. O piloto deverá disputar as classificatórias finais nas regiões em que se classificou: Sudeste e Nordeste. Uma vez classificado, Enzo terá que optar por competir em apenas duas categorias no campeonato em Agosto.  O piloto Enzo Lopes foi vice-campeão do Loretta em 2011 na categoria 65cc e também em 2013, na categoria 85cc.

Resultados do piloto nas classificatórias da Região Nordeste:
Categoria Supermini 1 – 3o lugar (parciais de 2-3)
Categoria Supermini 2 – 4o lugar (parciais de 3-4)
Categoria Schoolboy 1 – 5o lugar (parciais de 3-6)

Entendendo as categorias:
Supermini 1 – para motos de 112cc e pilotos de 12 a 15 anos
Supermini 2 – para motos de 112cc e pilotos de 13 a 16 anos
Schoolboy 1 – para motos de 125cc e pilotos de 12 a 16 anos
Schoolboy 2 – para motos de 125cc e pilotos de 13 a 16 anos

Sobre o Campeonato Loretta Lynn´s
Considerado o maior evento de motocross amador do mundo, o campeonato acontece anualmente em agosto nos Estados Unidos, no Rancho da Cantora Loretta Lynn´s no Tennessee. Essa será a 33ª edição do campeonato que já consagrou muitos pilotos campeões do AMA Supercross e Motocross.  A primeira fase classificatória para o campeonato (classificatória de área) recebe mais de 25 mil inscrições. De cada classificatória de área, somente os 8 melhores pilotos de cada categoria passam para a fase final (classificatória regional) que acontece em Junho em diversas localidades. Das finais saem os 40 melhores pilotos de cada categoria que terão um lugar assegurado no gate de largada no Rancho de Hurricane Mills.

De volta ao Brasil nesta semana, Enzo se prepara para disputar a segunda etapa do Arena Cross em Uberlândia (MG) no próximo dia 24.