Enzo Lopes se classifica para a próxima fase do Loretta Lynn's

Enzo Lopes está na final das classificatórias do Loretta Lynn’s

Marcado para o mês de agosto, o Loretta Lynn Amateur National Motocross acontece anualmente no rancho da famosa cantora Loretta Lynn, no Tennessee, e o piloto Enzo Lopes, vai em busca de mais uma vaga no gate entre os 40 melhores pilotos amadores do mundo. Enzo participou das provas das áreas Sudeste e Nordeste e, apesar de alguns imprevistos e quedas, garantiu sua vaga nas classificatórias finais.

Enzo Lopes se classifica para a próxima fase do Loretta Lynn's

Enzo Lopes se classifica para a próxima fase do Loretta Lynn's

Nas provas do Sudeste, que foram realizadas nos dias 3 e 4 no Aonia MX Park, Geórgia, o grande número de pilotos fez a organização criar divisões para algumas classes. Inscrito inicialmente em quatro categorias, o piloto foi obrigado a participar de apenas três por conta de uma forte queda sofrida no sábado.

Na primeira bateria da Supermini 1, o gaúcho fez o holeshot e ainda cravou a melhor volta da prova, terminando na 2ª colocação. Enzo então alinhou para a Schoolboy 1, onde se manteve na 4ª posição contra os adversários mais velhos até que um erro o fez cair para 6º. Quando disputava o 5º lugar na última volta da segunda bateria da Schoolboy 1, acabou indo ao chão. Com dores no ombro, o atleta ainda salvou o 6º lugar na geral.

Outro imprevisto que quase tirou as chances de Enzo se classificar aconteceu momentos antes da segunda largada da Supermini 1 quando a equipe encontrou problemas com a moto de corrida do piloto, de 112cc. Sem tempo o suficiente para reparar, Enzo alinhou com a moto reserva, sendo prejudicado em relação aos rivais por ter uma cilindrada mais baixa, com 105cc. Mesmo com dores, a desvantagem da moto e uma queda durante a prova que o levou ao atendimento médico após a linha de chegada, o gaúcho conseguiu terminar na 7ª colocação. Todo o esforço foi recompensado quando saiu o resultado geral, no qual Enzo ficou em 4º, passando para a fase final.

Quando alinhou para as baterias da Supermini 2, tudo parecia estar no caminho certo, mas a falta de sorte voltou a atazanar o piloto, que teve problemas com a roda dianteira da sua moto quando brigava entre os top 5. Sem desistir, o atleta salvou um 8º lugar. Se a família Lopes achou que na última bateria seriam poupados das dores de cabeça, estavam enganados. Desta vez, com problemas na ponteira do escapamento, que acabou influenciando diretamente no desempenho do motor, fez com que o ritmo de Enzo caisse. Mas sua força de vontade era maior e, com a 7ª posição na bandeirada, o gaúcho garantiu um lugar na final.

O pai de Enzo, Léo Lopes, disse que em toda sua experiência em corridas de motocross nunca viu tanta coisa dar errado de uma só vez, mas que ficou aliviado ao ver o filho superar os imprevistos e passar para a próxima fase.