Enzo Lopes no pódio em Daytona, nos EUA

Enzo Lopes sobe ao pódio de Daytona

Terminou nesta segunda-feira a 4a edição anual do Monster Energy Ricky Carmichael Daytona Amateur Supercross, após dois dias de disputas na histórica pista “Daytona International Speedway” na Flórida.

Enzo Lopes no pódio em Daytona, nos EUA

Enzo Lopes no pódio em Daytona, nos EUA

A competição, idealizada pelo multicampeão Ricky Carmichael, deu início às festividades da Daytona Bike Week, e recebeu cerca de 1000 pilotos que competiram em 49 categorias diferentes, com motos desde 50cc até às 450cc, além das categorias de veteranos, apenas um dia depois do AMA Supercross que aconteceu no último sábado.

Enzo Lopes estava motivado, já que vinha do Alabama trazendo na bagagem mais um título americano – o de Campeão do Spring Classic categoria Jr Mini (9-13) – além de um vice-campeonato na categoria 85 (12-14) stock e um terceiro lugar na categoria 85 (12-14) modificada, para motos de até 105cc.

O brasileiro entrou na pista na manhã de domingo para disputar as baterias classificatórias, as chamadas “heats”, seguindo o formato de provas do AMA Supercross. Na categoria Supermini (12-16), para motos de até 112cc,  Enzo largou em segundo lugar, mas um problema em sua moto o fez abandonar a prova. Mesmo largando em 20º lugar na corrida principal, chamada de “main event”, Enzo recuperou posições e terminou a corrida em 7º lugar, finalizando o campeonato na 7a posição. Na classificatória da categoria 85 (9-13), Enzo fez o holeshot e liderou a prova até a última volta, quando, ao cometer um erro, foi ultrapassado por seu colega de equipe e também piloto Red Bull, Jordan Bailey, que acabou levando a melhor na corrida principal e ficou com o título da categoria, com Enzo conquistando o vice-campeonato com resultados parciais de 2-2. Na categoria Mini Sr. (12-15), depois de um inconformado 2º lugar na classificatória, já que perdeu a liderança da prova na penúltima volta,

Enzo protagonizou algumas das disputas mais eletrizantes do dia, novamente em confronto direto com seu principal rival nas pistas, o piloto Jordan Bailey. Era a penúltima corrida do Campeonato que terminou nesta segunda-feira. Enzo fez o holeshot e vinha liderando a corrida até a bandeira branca, que indica última volta, quando Jordan o ultrapassou, mas Enzo recuperou a liderança na última curva e acelerou para a bandeira quadriculada e para o pódio, onde recebeu a placa de Campeão das mãos do próprio Ricky Carmichael, conquistando o título de Campeão do RC Daytona Amateur Supercross da categoria Mini Sr. (12-15). Segundo o piloto, esse campeonato é um dos mais difíceis, pois são poucas voltas em cada corrida, e quando não consegue fazer uma boa largada, as chances de brigar pela liderança diminuem muito.

De acordo com a cobertura da mídia americana desses dois últimos campeonatos, Enzo vem sendo considerado um dos maiores talentos do motocross amador da atualidade, o que vem recompensar o trabalho sério e comprometido que ele vem fazendo, tanto no Brasil como no exterior. Com a sensação de dever cumprido e acumulando mais dois títulos americanos em sua carreira (o nono conquistado em Millcreek e o décimo conquistado agora em Daytona),  Enzo viajou para o Texas, onde irá disputar mais dois Campeonatos importantes, o One Industries GNC International Motocross Final, mais conhecido como Oak Hill, entre os dias 13 e 17,  e depois o James Stewart Freestone Championship, de 19 a 23 de março, retornando ao Brasil no dia 25 de março.