Equipa António Banderas Moto2 ganha forma

Equipa António Banderas Moto2 ganha forma

Equipa António Banderas Moto2 ganha forma

O Director Desportivo Dani Devahive sublinha os planos da Promoracing durante a apresentação oficial da entrada do actor espanhol no início de 2010.

Mais um passo rumo à preparação da época de estreia da Moto2 em 2010 foi dado esta semana com a confirmação dos planos de competir na nova categoria da Promoracing, um projecto que conta com o apoio do actor Antonio Banderas.

O Director Desportivo Dani Devahive explicou ao motogp.com que a equipa Promoracing – actualmente a preparar-se para a última ronda do CEV Buckler 2009 em Valência neste fim-de-semana – vai correr com o nome -Team Jack & Jones by António Banderas- na categoria Moto2 no próximo ano, com o patrocinador principal a dever assinar esta semana.

O alinhamento de pilotos composto por Joan Olivé, que terminou o Campeonato do Mundo de 125cc deste ano em nono, e Kenny Noyes vai defender as cores da formação, isto depois de ambos terem tido o primeiro contacto com a Promoracing Moto2 durante o teste da semana passada em Valência.

“Estamos muito contentes por, depois de dez anos de árduo trabalho no Campeonato de Espanha e em outros campeonatos com a nossa equipa, termos finalmente atingido o nosso objectivo: entrar no Campeonato do Mundo com a nossa própria equipa, dois pilotos e forte estrutura técnica. A nova classe de Moto2 é a melhor oportunidade para mostrarmos o nosso potencial,” disse Devahive ao motogp.com.

“O António é um grande fã do motociclismo e a primeira ligação dele ao projecto remonta à altura em que estávamos à procura de patrocinador. Ele viu a nossa história e o que conseguimos no Campeonato de Espanha e decidiu envolver-se no nosso projecto, tornando-se dono da equipa. Dentro da formação ele será uma grande fonte de inspiração e motivação para os pilotos e para todos, mas também vai provocar maior exposição mediática para a equipa, o que será importante para garantirmos mais recursos e, em última análise, sermos cada vez mais competitivos.”

A apresentação da equipa terá lugar em Madrid no final de Janeiro, inícios de Fevereiro de 2010, e Devahive explicou o objectivo a longo prazo para um conjunto para a categoria rainha.

“Com um calendário muito preenchido não será fácil para o António, mas ele vai tentar marcar presença no maior número de corridas possível. Ele está habituado a acordar às 4 horas da manhã para ver as corridas em directo em Los Angeles!” disse Devahive.

“Ele gosta muito deste projecto e, como eu, tem o objectivo de vir a correr no MotoGP. Olhando para a forma como as coisas estão a correr e tendo em atenção as possibilidades de alterações de regulamentos, parece que dentro de alguns anos uma equipa privada poderá ascender ao MotoGP com os patrocínios adequados e perfil mediático. É esse o nosso objectivo e é por isso que o António quis entrar no Campeonato com nova equipa, começar do zero e construir nova formação.”