Equipe ASW faz melhor tempo entre as motos no Rally Internacional dos Sertões

O tricampeão José Hélio garantiu o primeiro lugar na segunda etapa da emocionante disputa

A alegria tomou conta da equipe ASW, após o término da segunda etapa do Rally Internacional dos Sertões. O piloto José Hélio, tricampeão da competição, fez o melhor tempo entre as motos na bateria especial desta quinta-feira (19), à frente de pilotos de grande experiência internacional como Cyrill Despres e Marc Coma. Além disso, todos os integrantes da equipe fizeram bonito entre as motos, mantendo-se entre os 20 primeiros colocados. Hoje, os pilotos percorreram o trecho entre as cidades de Rio Verde a Aruanã. Nesta sexta-feira (20), pela terceira etapa da competição, o percurso será entre Aruanã e Niquelândia, ainda no estado de Goiás.

José Hélio, que havia conquistado a liderança da categoria motos até 450cc, já na primeira etapa, disputada ontem, afirmou que o Sertões havia começado tranquilo demais, até mesmo atípico. Hoje, o piloto garantiu que a especial começou a mostrar a cara do rali. –Foi um percurso duro e muito completo. Tivemos trechos travados, com pedra, areia, muito calor e travessia de rios–, descreveu. O paulista terminou a bateria especial com o tempo de 3h08min57.

Dimas Mattos terminou a prova em 11º lugar e diferentemente do primeiro dia, gostou do que encontrou pela frente. –Foi um dia para lembrar sempre. Me diverti como uma criança e todos os pilotos da nossa equipe conquistaram bons resultados–, comemorou o experiente piloto. Ontem, Dimas teve problemas na largada ao ter de correr travado, atrás de três quadriciclos. Hoje, sem problemas fez uma etapa mais tranquila com o tempo de 3h21min53.

De acordo com os resultados extra-oficiais, Marco Pereira terminou a prova em nono lugar, com o te mpo de 3h21min10. Em décimo, Pedro Bianchi fez o tempo de 3h21min25. Flávio Ïguana” cravou 3h22min13 e terminou em 12o. Em 18o, Ramon Volkart marcou 3h31min11. E em 20o, Ludovic Boinart fez a especial em 3h32min01.