Equipe PRT Bardhal comemora a vitória na 500 Milhas Brasil de Motovelocidade

Equipe brasileira vence as 500 Milhas Brasil de Motovelocidade

Com uma vitória emocionante, o piloto brasileiro Doca #5 (PRT Bardhal) venceu com sua equipe, composta por Alan Douglas Santos e Nicolas Latauro, a categoria geral das 500 Milhas Brasil de Motovelocidade 2013.

Equipe PRT Bardhal comemora a vitória nas 500 Milhas Brasil de Motovelocidade 2013

Equipe PRT Bardhal comemora a vitória nas 500 Milhas Brasil de Motovelocidade 2013

O piloto, que é campeão das 500cc de 2010, das 600cc Hornet e da Superbike 1000cc, manteve a hegemonia brasileira no primeiro lugar no pódio.  Logo no começo da prova a chuva forte tirou vários pilotos da competição. Cheia de surpresas (mais quedas, problemas mecânicos e até fogo em boxe), a corrida continuou por 4h, após a chuva passar. E foi próximo ao final da disputa que ela voltou à pista do Autódromo de Interlagos e ajudou a deixar mais emocionante as 185 voltas.

O páreo duro foi entre a equipe #93 (SBK Center Moto Racing), formado pelos pilotos internacionais Miguel Praia (Portugal), Matthieu Lussiana, Hugo Marchand (França), e o mineiro Philippe Thiriet que mantinha folga na liderança das 500 Milhas. Na volta 118 a moto da equipe SBK Center Moto Racing apresentou problemas no câmbio e ficou quase cinco minutos no boxe, perdendo vantagem de duas voltas em relação ao segundo colocado.

Após mais um safety car, a equipe SBK Rio, com os pilotos Cesar Barros, Rafael Paschoalin e Diego Pretel, se aproximou do líder. Mas com uma derrapagem no S do Senna, Barros, que estava a  12 segundos do primeiro colocado, sofreu um acidente (sem gravidades) e foi obrigado a abandonar a corrida.

Decisão na última volta
Os minutos finais da competição, que passava de 6h45 minutos, trouxeram uma disputa emocionante ao público do evento. Doca manteve-se à frente até a bandeirada de chegada, segurando a equipe internacional em segundo lugar, após recuperarem-se do problema no câmbio.

A última volta foi o ponto máximo das 500 Milhas. Hugo Marchand conseguiu tirar a diferença que tinha de Doca e causou sufoco à equipe brasileira. Porém, a meia volta do fim, Marchand derrapou, perdeu equilíbrio e saiu da disputa, dando o título geral à equipe brasileira.

Em terceiro, ficou a equipe SBK Quality Peças (Angelo Marcos Canuto e Fernando França). Já no quarto o time Motorsco (Leandro Melo e Fernando Souza) e na quinta posição veio a SBK Gornati Racing (Ricardo Gornati, Rodrigo Aparecido de Souza e Josivaldo Gomes, o Wado).

Os 15 primeiros colocados vão dividir R$ 100 mil, o maior valor já pago em disputas sobre duas rodas em competições nacionais. A entrega do prêmio e os certificados da prova serána Câmara Municipal de São Paulo, já que o evento faz parte das comemorações pelos 459 anos da cidade.