Equipe Memorial na 17a Volta de Santa Catarina

Criada no final de 1999, a equipe Memorial-Santos de Ciclismo ‚ uma das grandes for‡as na 17¦ Volta Cicl¡stica Internacional de Santa Catarina, que ter  780,8 quil“metros, divididos em nove etapas, de 30 de agosto a 7 de setembro, valendo pontos para o ranking da UniÆo Cicl¡stica Internacional.

Contando com alguns dos favoritos, como o tricampeÆo e vencedor de 2002, M rcio May, o bicampeÆo Hernandes Quadri J£nior e o vice-campeÆo do ano passado, Antonio Nascimento, o Tonho, o grupo ‚ comandado pelo t‚cnico Cl udio Diegues.

O time n§ 1 do ranking brasileiro por equipes nos £ltimos trˆs anos e l¡der nesta temporada, ‚ bem forte e conta com quatro integrantes que formaram a base da sele‡Æo brasileira nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo – May, Hernandes, Rodrigo de Mello Brito, o MorcegÆo, e Robson Ribeiro, o GrandÆo. O principal nome deve ser May, 32 anos, que tem a vantagem de competir em casa e com apoio da torcida – ‚ de Salete e mora em Brusque. Este ano foi o vencedor do Trof‚u Cidade de SÆo Paulo, das Voltas de Goi s e do Litoral Paranaense, vice-campeÆo brasileiro de contra-rel¢gio, bronze no Brasileiro de Estrada, vice-campeÆo da tradicional 9 de Julho, melhor brasileiro nas voltas internacionais do Rio de Janeiro e do Chile e 5§ melhor no Mundial B, disputado na Su¡‡a. Na Volta de Santa Catarina foi campeÆo em 1997 e 98 e voltou a triunfar ano passado, quando herdou o t¡tulo ap¢s a desclassifica‡Æo do paranaense Evandro Portella, por uso de dopping.

Aos 35 anos de idade, Hernandes ‚ o ciclista mais experiente do Pa¡s. Nesta temporada garantiu o bicampeonato brasileiro de estrada, sendo o 17§ t¡tulo nacional em sua carreira. Foi o 6§ colocado na prova de meio fundo no Mundial B, na Su¡‡a, e garantiu a mesma coloca‡Æo no Pan, mesmo com a clav¡cula quebrada. Na Volta de Santa Catarina foi bicampeÆo em 92 e 95.

Tonho, 25 anos, foi bicampeÆo do Torneio de VerÆo, no litoral paulista e chega motivado, ap¢s uma grande apresenta‡Æo na Volta de Santa Catarina ano passado, quando chegou a liderar parte da disputa e foi o campeÆo de montanha. MorcegÆo, 26, foi o n§ 1 do ranking nacional de 2002, quando ganhou algumas das principais provas do calend rio nacional, como a 9 de Julho, a Copa da Rep£blica, o brasileiro de contra-rel¢gio, al‚m de ser vice de estrada.  hoje o melhor sprintista do Pa¡s.

GrandÆo, 19 anos, garantiu o t¡tulo brasileiro de contra-rel¢gio na categoria sub 23. Tamb‚m com 19 anos, Mindu completa o time e ‚ bicampeÆo brasileiro j£nior de estrada. Apesar de novato na Volta, deve fazer um bom trabalho de apoio ao grupo. Vale destacar que os dois ca‡ulas da equipe sÆo apontados como grandes promessas.

A equipe tem o patroc¡nio da Memorial Necr¢pole Ecumˆnica e da Prefeitura de Santos, atrav‚s da Funda‡Æo Pro-Esportes, com o apoio da Rudy Project, da Cairu, da V-Zan e da Liga Santista de Ciclismo.