Equipe MOTONLINE, boa de pontaria…

Um titulo in‚dito para o MOTONLINE: segundo e terceiro lugares no Torneio de Tiro realizado ontem entre representantes da imprensa e convidados, no Clube Paulistano de Tiro na Cantareira, durante a apresenta‡Æo da equipe brasileira de 25 atiradores – 17 homens e 7 mulheres, que irÆo representar o Pa¡s no Pan-Americano de Santo Domingo em agosto.

A equipe do MOTONLINE estava representado por Ryo Harada, Julio C. Carone e Max Baurich Carone. Nas provas de tiro de fossa ol¡mpica com uma carabina autom tica 22, Ryo Harada tirou o terceiro lugar com 137 pontos e Julio C. Carone o segundo lugar, com 148 pontos entre aproximadamente 50 participantes. O vencedor foi o jornalista Jonne Roriz do EstadÆo, por apenas dois pontos de vantagem, o qual j  foi devidamente desafiado para um tira teima…

Max Baurich Carone, “um t¡pico pacifista por natureza”, nunca pegou em arma, mas fez questÆo de competir na prova de alvo m¢vel, ou tiro ao prato, praticada com uma carabina 12.

Respons vel pela primeira medalha ol¡mpica do Brasil obtida em 1920 na Antu‚rpia, o tiro esportivo brasileiro estar  presente nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, na Rep£blica Dominicana, no mˆs de agosto.

A delega‡Æo brasileira ter  25 atiradores, sendo 17 homens e oito mulheres, divididos em 11 modalidades. A competi‡Æo de tiro esportivo ser  realizada na primeira semana do evento, entre os dias 2 e 9 de agosto, e o embarque da delega‡Æo est  previsto para o dia 27 de julho.

O Brasil ‚ uma das for‡as do tiro esportivo nas Am‚ricas, tendo como principais advers rios Estados Unidos, Canad , Cuba e Argentina. Essa condi‡Æo ‚ confirmada pelos bons resultados obtidos ao longo da hist¢ria dos Jogos Pan-Americanos, uma vez que os brasileiros estÆo sempre entre os primeiros colocados nas diversas edi‡äes da disputa.
O tiro esportivo ‚ respons vel pela primeira medalha ol¡mpica do Brasil obtida em 1920 na Antu‚rpia.