Equipe Petrobras Lubrax termina mais um Rally Dakar

Equipe Petrobras Lubrax termina mais um Rally Dakar

Equipe Petrobras Lubrax termina mais um Rally Dakar

Cerca de nove mil quilômetros, percorrendo as principais trilhas e dunas da Argentina e do Chile. Neste sábado, foram conhecidos os grandes vencedores de mais uma edição do Rally Dakar, que teve início em 1º de janeiro. A Equipe Petrobras Lubrax, que comemora a sua 23ª participação na prova, conquistou a melhor posição brasileira entre as motos, a 29ª com Rodolpho Mattheis, além da 27ª colocação do carro da dupla Jean Azevedo/Emerson “Bina” Cavassin.

Moto
Rodolpho Mattheis passou por diversas dificuldades neste Dakar. “Em relação ao ano passado o rali em 2010 foi muito mais difícil. Eu sofri com alguns problemas na moto e outros com desgaste físico, após ter caído em determinadas etapas. Sem dúvida, foi um rali de superação para mim”, contou o piloto de moto, que conquistou também a vice-liderança da categoria Motos Maratona até 450cc.

Carro
“A sensação no final deste rali é de dever cumprido. Tivemos problemas mecânicos logo no início do rali, o que nos tirou da busca por um resultado mais competitivo. Mas chegar até o final de um Dakar também não deixa de ser uma vitória”, explicou o piloto Jean Azevedo.

Equipe Petrobras Lubrax termina mais um Rally DakarO curitibano Emerson “Bina” Cavassin, que é o estreante da equipe e também no rali, aprovou a competição. “Foi uma experiência muito enriquecedora e posso dizer que achava que ia ser até pior por conta de todas as histórias que já ouvi deste rali. Estou muito feliz de chegar a Buenos Aires e a prova foi show!”, ressalta o navegador.

Rali continua na América do Sul?
Terminada mais uma edição do Rally Dakar, agora fica a dúvida sobre onde acontecerá a tão famosa competição em 2011. “Já ouvimos várias suposições sobre onde será a próxima edição do Rally Dakar. Uma delas, que acredito que seja a mais coerente, é a de que a prova teria início em Mônaco e passaria pela Tunísia, Líbia e Egito. Já eu gostaria que a prova continuasse na América do Sul, pois os locais que percorremos são tão difíceis e variados quanto na África. Aliás, se eu fosse ‘abduzido’ e levado para o Deserto do Atacama, não saberia distinguir se era um deserto daqui ou o Saara”, comenta André Azevedo, brasileiro com mais experiência na maior prova off road do mundo.

Em relação à América do Sul, André Azevedo arrisca um palpite. “Tenho um pressentimento que os organizadores do Dakar gostaram muito de realizar provas por aqui. Então imagino que eles possam fazer alguma etapa do Dakar Series, que são provas menores de seis ou sete dias, aproveitando já a experiência que adquiriram e ainda promovendo esta região”, concluiu.

Confira os resultados do Rally Dakar 2010

Motos
1º Cyril Despres (França);
2º Pal Anders Ullevalseter (Noruega);
3º Francisco Lopez (Chile);
29º Rodolpho Mattheis (Brasil)

Carros
1º Carlos Sainz/Lucas Cruz (Espanha);
2º Nasser Al-Attyiah/Timo Gottschalk (Qatar/Alemanha);
3º Mark Miller/Ralph Pitchford (Estados Unidos/África do Sul)
27º Jean Azevedo/Emerson Cavassin (Brasil)