Foto: Equipe Eco Poli Arsenal

Equipe Poli é a campeã nacional de Baja SAE

Foto: Equipe Eco Poli Arsenal

Foto: Equipe Eco Poli Arsenal

A Equipe Poli de Baja da Escola Politécnica da USP sagrou-se neste último domingo, 22 de março, campeã nacional de Baja SAE. Esta foi a 15ª edição da Competição Baja SAE BRASIL – Petrobras, que reuniu mais de mil estudantes e contou com grande cobertura da mídia nacional. Neste ano, participaram 72 equipes de todo o Brasil, mais uma dos Estados Unidos.

Com o protótipo Poli Arsenal, a equipe além de conquistar a primeira colocação geral, com 934,83 pontos dos 1000 possíveis, atingiu também a pontuação máxima nas avaliações de Relatório de Projeto, Aceleração e Enduro. Com esta vitória, a Equipe Poli conquistou o direito de representar o Brasil na Competição Mundial, que será realizada em Wisconsin, EUA, de 11 a 14 de junho deste ano.
Segundo os integrantes da equipe, este resultado é fruto do trabalho de muitos anos. “O conhecimento obtido nos últimos anos com o Projeto Baja vem sendo repassado entre as nossas equipes e está aí o resultado”, comemorou o estudante Filipe Santos, capitão da equipe EcoPoli.

A Poli-USP também participou com um protótipo inovador, que veio introduzir um novo conceito à competição: a preocupação com o meio ambiente. O protótipo EcoPoli apresentou inovações como painel solar para geração de energia elétrica e utilização de materiais alternativos, como por exemplo carenagem e tapeçaria em fibra de PET reciclado. A equipe Poli Arsenal, que foi vice-campeã no ano passado, este ano contou com um sistema de eletrônica embarcada e inovações para reduzir a massa do protótipo e proporcionar maior conforto ao operador, o que permitiu seu salto em direção à primeira colocação.

Equipe Poli é a campeã nacional de Baja SAEAgora a Equipe Poli está em busca de parcerias para poder viabilizar sua participação na competição mundial. “Procuramos empresas interessadas em divulgar sua marca internacionalmente, além de agregar sua imagem à evolução do ensino de engenharia”, afirma Letcia Emi Nomura, integrante da equipe.

A segunda colocada foi a equipe FEI Baja 2, do Centro Universitário da FEI, de São Bernardo do Campo, com 925,15 pontos. O terceiro lugar ficou para a equipe Tupy Uiraçu, da Universidade Federal de Santa Catarina, com 838,73 pontos, seguida pelas equipes FEI Baja 1, da FEI; e Mangue Baja 1, da Universidade Federal de Pernambuco.

Mais informações sobre a Equipe Poli no site: www.poli.usp.br/baja ou por e-mail: equipepoli@gmail.com