Túnel de Guoliang, na China

Estradas Fantásticas: Túnel de Guoliang

Túnel de Guoliang, na China

Túnel de Guoliang, na China

A pequena Vila de Guoliang localizada no topo de uma das montanhas de Taihang, na província chinesa de Henan, existe há séculos (mais de 1.300 anos)  e até bem pouco tempo era isolada da civilização exterior por causa das dificuldades de acesso geradas pela sua localização. O acesso era feito através de uma estreita trilha nas paredes da montanha, finalizada por uma sequência interminável de degraus na pedra.

Túnel de 1,2 km, literalmente uma escultura na pedra

Túnel de 1,2 km, literalmente uma escultura na pedra

As dificuldades de se chegar até ao vilarejo impediam o desenvolvimento sócio-econômico de seus habitantes, já que viajar até às cidades vizinhas para levar a produção agrícola, transformava-se numa perigosa aventura, que colocava em risco permanente a vida dos viajantes, que transportavam os produtos nos ombros.

As várias janelas foram utilizadas para descarte dos entulhos que eram empurrados no precipício

As várias janelas foram utilizadas para descarte dos entulhos que eram empurrados no precipício

A despeito dos insistentes pedidos feitos ao governo chinês, para que fosse construída uma estrada de acesso, que permitisse a circulação de carros de tração animal, as respostas eram sempre negativas, sob a alegação de que a pequena população a ser atendida – pouco mais de 300 pessoas -, não justificava os altos custos envolvidos na execução da obra.

Se considerarmos os recursos utilizados, trata-se de uma obra monumental

Se considerarmos os recursos utilizados, trata-se de uma obra monumental

Inconformado, Shen Mingxim, um dos moradores, resolveu não mais esperar a decisão do governo chinês, projetando uma estrada, que seria literalmente esculpida no interior da pedra, e convocou a população para tornar realidade o ambicioso projeto. A construção da obra de apenas 1,2 km de extensão, 5 metros de altura e 4 metros de largura, foi iniciada em 1972 com os recursos humanos e ferramentas de mão existentes na vila, auxiliada por grande quantidade de explosivos. Como previsto, agricultores inexperientes trabalhando com explosivos, só poderia terminar em morte, e foi o que aconteceu.

O piso de pedra, extremamente perigoso quando molhado mais as cachoeiras que se formam nas encostas, tornam a passagem inviável em dias chuvosos

O piso de pedra, extremamente perigoso quando molhado mais as cachoeiras que se formam nas encostas, tornam a passagem inviável em dias chuvosos

Diz a história que apenas 13 moradores começaram a obra e muitos morreram, mas foram substituídos por outros, até que em primeiro de maio de 1977, 5 anos depois, o túnel foi concluído e aberto ao tráfego, transformando-se rapidamente em atração turística quando a China abriu suas portas ao turismo internacional.

Após 1300 anos, finalmente o progresso pôde chegar à Vila de Guoliang

Após 1300 anos, finalmente o progresso pôde chegar à Vila de Guoliang

O Túnel de Guoliang tem várias janelas, que foram construídas apenas para o descarte dos entulhos, que eram empurrados penhasco abaixo. Suas paredes e piso são ásperos devido à utilização de ferramentas primitivas, o que o torna extremamente perigoso em dias de chuva, tanto pelo piso escorregadio quanto pelas cachoeiras que se formam na encosta da montanha.

Trecho que mostra claramente os traços do trabalho braçal utilizado na construção dessa maravilha arquitetônica

Trecho que mostra claramente os traços do trabalho braçal utilizado na construção dessa maravilha arquitetônica

Localização geográfica:

Túnel de Guoliang - localização geográfica



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.