O inglês Adam Chatfield foi o grande vencedor da noite na MX Pró

Estrangeiros dominam Arena Cross em Santa Catarina

O inglês Adam Chatfield foi o grande vencedor da noite na MX Pró

O inglês Adam Chatfield foi o grande vencedor da noite na MX Pró

Os estrangeiros e satélites Honda, Adam Chatfield, da Ipiranga IMS, e Sean Lipanovich, da LS Racing, comandaram a segunda etapa do Arena Cross 2012, realizada neste sábado (22), em Balneário Camboriú (SC), nas categorias MX Pró e MX2, respectivamente. Com pouco mais de um mês no Brasil, Sean, de Riverside (EUA), conquistou sua primeira vitória na competição. Já Adam, de Devides (Inglaterra), aproveitou sua experiência para vencer a rodada catarinense no geral da principal classe da competição com um primeiro e segundo lugar.

Na MX2, a vitória foi do americano Sean Lipanovich

Na MX2, a vitória foi do americano Sean Lipanovich

Com um segundo lugar na bateria da MX2, Hector Assunção, da Equipe Honda Mobil, assumiu a liderança da categoria na competição com 32 pontos.

A próxima etapa do Arena Cross acontece dia 27 de outubro, em Indaiatuba (SP).

1ª bateria MX PRÓAdam Chatfield fez o holeshot. Jean Ramos era o segundo, seguido de Wellington Garcia e Leandro Silva, ambos da Equipe Honda Mobil. Ao longo da prova, Adam e Jean se revezavam na primeira colocação. Já Leandro ultrapassou seu companheiro de equipe e assumiu o terceiro lugar. Na caça a Jean, Adam viu seu rival se enroscar em um retardatário e perder tempo. Assim, o ultrapassou e caminhou livre para vitória. Leandro foi segundo, seguido de Wellington.

2ª bateria MX PRÓ – Desta vez coube a Leandro Silva pular para liderança após a queda do gate. No entanto, o paranaense cometeu um erro e cedeu algumas posições. Constante, Adam seguiu tranquilo até finalizar em segundo. A vitória foi de Carlos Campano. Wellington Garcia foi o sexto, seguido de Leandro Silva.

Bateria MX2 – O norte-americano Sean Lipanovich saiu na frente. O competidor Honda Thales Vilardi era o segundo. Já Hector Assunção se envolveu em um acidente na primeira curva e ficou para trás. Sem ser atacado, Sean abriu vantagem para os demais e cruzou a linha de chegada em primeiro. Em gás impressionante, Hector recuperou várias posições e alcançou a terceira posição. Apesar da dificuldade, o piloto Honda ultrapassou Dudu Lima e o companheiro de equipe Thales, que acabou em quinto.

Bateria JúniorEnzo Lopes fez boa largada, mas ainda na primeira volta caiu e perdeu a primeira colocação. Leonardo de Souza, da LS Racing, assumiu a ponta, porém por pouco tempo. Ricarco Jurça o ultrapassou. Em terceiro, Gustavo Pessoa , da Itamacará One Industries, tentava encostar nos líderes. Mais rápido que os rivais, Gustavo fez ultrapassagens arrojadas, assumiu a liderança e venceu a bateria. O ponteiro da competição é Fábio dos Santos, da Dunas Team, que acabou em terceiro na bateria.