cisitalia2020020e201

Estudantes reinterpretam um clássic

O salão de Genebra do mês que vem terá uma longa série de carros-conceito de fábricas, instituições de design e casas educacionais. Desta vez, além dos trabalhos dos designers já profissionais, haverá um projeto muito interessante feito por mestrandos do Istituto Europeo di Design, IED, de Turim, Itália. O modelo, em escala 1:1, foi construído pela casa CECOMP, com apoio da Pirelli, OZ Racing e ABET Laminati e será mostrado dia 6 de março, primeiro dia da Imprensa.

O Cisitalia 202, considerado um clássico do design automobilístico da época, foi projetado por Pininfarina em 1946, mostrado no congraçamento de Villa d’Este em Como, na Itália, depois no Salão de Automóveis de Paris em 1947. Ao contrário do desenho comum da época, os para-lamas, capô, faróis, capota, tudo parecia flutuar unitàriamente. Feito quase totalmente a mão, o 202 foi construído em 170 unidades durante cinco anos.

À primeira vista, o 202 E (E de Evolution, não de Elétrico como possa parecer hoje em dia), o novo carro não se parece muito com o original, mas uma olhada mais de perto mostra uma grade muito semelhante, para- lamas traseiros protuberantes e capota fastback.

O 202 E será o nono projeto dos estudantes do IED em Genebra. No ano passado eles apresentaram o Scorp-ion, um cupê futurista que lembrava o espírito da marca Fiat Abarth, e um ano antes, 2010, o conceito EYE, projeto elétrico em colaboração com a americana Tesla Motors.

Curiosamente, enquanto o IED estava recriando um clássico da Pininfarina, esta estava construindo um carro-conceito próprio chamado Cambiano, um veículo esportivo ‘concebido com grande atenção ao meio-ambiente’. Até este momento, porém, a Pininfarina não revelou informações detalhadas sobre o carro.