Eu contra a parede, comparativo

Eu contra a parede, comparativo

Eu contra a parede, comparativo

Prezados senhores do motonline, Acabo de ler o texto do J Tadeu Boccoli,e com todo o respeito que saudade do tempo que o editor era o Tite.Tudo bem,esse tempo já passou,mas não daria para arrumar um outro bom escritor para fazer o papel de editor?Fora isso,o site continua ótimo como sempre,especialmente o Bitenca. obrigado abraço: Stefan Féria – Santana de Parnaíba, São Paulo

R : Ola Stefan. Realmente os tempos são outros. Sinto em não ter tido a oportunidade de poder alcançá-lo com as minhas palavras. Mas isso se chama linha editorial, e a bem da verdade não sou o editor do MOTONLINE. Por isso que tem gente que assina revista A em detrimento da revista B … as diferenças de estilos é que determinam gostos. Não se preocupe, pois me preocupo com sua aprovação, e te prometo que vou fazer força para derrubar o padrão, apesar de que o editor é muito exigente!

Boa noite, pessoal, fica registrado meu extremo agrado em ler as colunas desta revista Virtual, toda semana confiro materias (novas ou antigas). Mas o Sr. Boccolli quemme desculpe em duas vezes ja vi ele citar a tal crise em suas respostas aos leitores, que tal excluir esta palavra de seu vocabulario, e motivar clientes a comprar motocicletas, até agora procuro trabalhar e não deixo um cliente meu citar estes fato, que até agora em 13 anos de mercado que tenho, não consigo ver um real motivo de retração nas compras. Inclusive se todos deixassem teríamos eu e meu colegas de empresa bateríamos recordes em nossas vendas… Apenas trabalhamos e não ficamos só pensando… Um abraço cheio de admiração! Valeu! Luciano- Porto Alegre

R : Ola Luciano. O vernáculo é um patrimônio soberano de uma nação. Quem sou eu para apagar palavras que exprimam uma situação e uma realidade aos nossos leitores? Se pudesse, as primeiras palavras que apagaria seriam fome, miséria, ódio, guerra, desgraça, etc.. Evidentemente que como mídia, sonhamos em só disponibilizar coisas maravilhosas e de profundo otimismo, somente quando isso for real … é um compromisso de 9 anos do MOTONLINE. Não estou incitando ninguém a deixar de comprar; muito pelo contrario. O que tento é informar o que esta acontecendo dentro desse nosso mercado com dados concretos de entidades como ABRACICLO e FENABRAVE, entre outras. A crise mundial é de todos, mas a nossa interna já está ai, afinal uma taxa media superior a 3% de juros ao mês não é brincadeira não. Se você teve a oportunidade de ler a ultima matéria de nosso colunista M.Barthô, você terá oportunidade de ver depoimentos de revendedores e fabricantes. Bem, ainda não apaguei palavras como esperança, fé e trabalho. Um forte abraço, e continuemos esse jogo de 2 rodas …

Alô Tadeu. Te desejo muito sucesso na tua nova caminhada. E deixarás uma lacuna muito grande no Motonline. Mas como a vida é feita de desafios, vá em frente e enfrente-os com galhardia, amor e honestidade. Certamente tu vais vencer. Um abraço. Gilberto. Osório – RS

R : Pô Gilberto … te agradeço de coração pelos votos. Mas acho que você não leu meu texto até o final. Foi um jogo de palavras onde na verdade estava me despedindo somente de 2008!

Bom, Primeiro gostaria de deixar claro a minha satisfação quanto ao site (muito bem informado e de leitura fácil)…Mas a minha sugestão e que façam um teste comparativo entre a Honda Varadero – Suzuki – Vstrom – a Yamaha TDM 900…desde já agradeço….pois seria muito grato..pois e uma dessas que pretendo adquirir….sem mais Leandro – Guarulhos – São Paulo

R : nosso editor responde > Leandro, obrigado pela mensagem.Quanto a sugestão, fica anotado! Feliz Ano Novo, Harada

Vida longa …