Expedição Américas

Expedição Américas: 3 amigos, 13 países e 3 Ténéré 250

Colaboração de Maicon Ribeiro de Santana através do “Você no Motonline“. Contribua você também!

Uma viagem que deve ser o sonho de qualquer motociclista que gosta de aventura. No dia 3 de novembro três amigos saíram da cidade de Manaus (AM) com destino aos Estados Unidos. Irão passar por 13 países: Brasil, Guiana, Venezuela, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, Guatemala, El Salvador, Belize, México e Estados Unidos. Depois o retorno ao Brasil que está previsto para logo após o Natal. Serão 31.000 km percorridos.

Expedição Américas

Expedição Américas

É uma aventura inesquecível, que marca a vida. Saindo do Brasil em direção a Venezuela e depois Colômbia, na cidade de Cartagena, os motociclistas utilizaram um Catamarã  para atravessar o canal para o Panamá. Seguiram pela a América Central costeando todo o Oceano Pacífico até o México para entrar nos EUA por Tijuana. A viagem pode ser acompanhada em tempo real.

Expedição Américas

Expedição Américas

Mas quem são estes motociclistas? Três apaixonados por motos e aventura: José Milton Carvalho (jmmdcar@ig.com.br), Marcelo Santos (marcelobr116@hotmail.com ) e Rogério Gouveia (rogeriofgouveia@gmail.com ). “Serão aproximadamente 30 mil km de terras desconhecidas em 13 países completamente diferentes um do outro. Enfrentaremos tudo isso mais a tolerância que teremos de ter um com o outro. Serão mais ou menos 50 dias de convivência e acreditamos que será mais um desafio, pois sabemos que é do ser humano ser intransigente. Porém no nosso caso já nascemos com algo em comum: o amor nato por viajar de motocicleta”, declarou José Milton.

Expedição Américas

Expedição Américas

Eles poderiam ter escolhido uma moto mais potente, como a Yamaha Super Ténéré 1200, ou  mesmo a 660cc, mas a escolha da 250 tem explicação. A manutenção da moto é mais simples e barata de se fazer. Em 30 mil km será necessário algumas trocas de patilhas de freio, relação, pneus. E fazer isso na Super Ténéré, por exemplo, não é uma tarefa fácil. Além disso o peso e o valor da moto seriam um obstáculo e uma possível queda com uma moto grande traz grandes prejuízos. Além disto a Yamaha Ténéré 250 já provou ser uma moto boa para estas aventuras. O motor já é utilizado pela Yamaha na Fazer e na Lander e muitas das peças da Ténéré são iguais as utilizadas pela Lander.

Expedição Américas

Expedição Américas

A sensação de liberdade que a motocicleta proporciona é maravilhosa e nesta viagem muitas histórias serão contadas por estes três aventureiros. Estou acompanhando a viagem e as fotos que são postadas. Quem sabe não participo da próxima expedição. A Ténéré eu já tenho, só falta tempo e dinheiro para isso… Para acompanhar basta acessar o site www.expedicaoamericastenere250.com.br.

Expedição Américas

Expedição Américas