destaque

Expedição vai explorar a Amazônia sobre duas rodas

Uma incrível e inédita aventura em meio às belezas naturais da Amazônia que vai percorrer toda a extensão do maior rio da América do Sul, o Amazonas, de sua foz até a nascente. O inédito no caso é a forma que cinco pilotos, de diferentes países, incluindo o Brasil, acompanharão os quase sete mil quilômetros deste percurso: a bordo de cinco motos BMW F800 GS.

A expedição “Raízes do Amazonas” partirá do marco da foz do Rio Amazonas na cidade de Curuçá (PA), e percorrerá o curso do rio por trechos sem estradas e pontes, em meio a uma floresta densa, até a nascente, aos 5.170m de altitude do Nevado Mismi, localizado na Cordilheira dos Andes, no Peru. O desafio é inédito também pois nunca na história este percurso foi feito por terra.

Os expedicionários

Os expedicionários

Liderada por Marcelo Leite, que realizou ao longo de dois anos a volta ao mundo na “Expedição 5 continentes”, a expedição terá ainda outros pilotos experimentados. Marcelo montou sua equipe baseado na experiência de cada um, suas habilidades e pela amizade e entrosamento, fundamentais em uma jornada dessa proporção. Além de Marcelo, compõem a expedição:

• Chris Cowper: de Sydney, Australia – Especialista em grandes áreas desertas como interior do Outback, Sibéria, Route of Bones e Mongólia. É capitão de barco e mecânico habilidoso;
• T. Banchet: da Cidade do Cabo, África do Sul. Além de experiente expedicionário, dirige uma produtora especializada em ambientes extremos africanos.
• J.C. Balasse: da Normandia, França. Além de sua enorme experiência em grandes expedições de moto pelo mundo, dirige uma transportadora internacional.
• Guy Mathew: de Londres, Reino Unido. O mais novo do grupo, é um motociclista com habilidades incomuns além de ter formação em antropologia.

As motos com preparação especial

As motos com preparação especial

Indagado sobre o motivo da expedição, Marcelo disse que sempre trabalhou muito e teve como amante a motocicleta. “Em 2011 resolvi discutir a relação e inverti tudo e casei com a amante, deixando para as horas de folga o trabalho em TI”, informou o bem humorado e experiente líder e idealizador da expedição Raízes do Amazonas. A ideia surgiu em um acampamento em Ulan Bator na Mongólia, em 2012, quando Marcelo se reuniu com um restrito grupo de expedicionários em sua “Expedição 5 Continentes”.

Marcelo: casou com a amante e quando sobra tempo, trabalho...

Marcelo: casou com a amante e quando sobra tempo, trabalho…

“Queríamos juntar as diferentes experiências de cada integrante em um projeto único. Deveria ser algo desafiador, marcante e cheio de experiências enriquecedoras. Não demorou para a maior floresta do mundo, a maior bacia hidrográfica do mundo, ser o próximo objetivo”, diz Marcelo. Além dos desafios da aventura, os expedicionários farão contato com diferentes tipos de comunidades, como ribeirinhos e indígenas em uma experiência cultural ímpar. Os pilotos partiram hoje, quinta-feira (18/9), da concessionária Caltabiano, em São Paulo (SP), para a expedição.

O primeiro trecho do percurso, que vai de Curuçá a Manaus, contém trechos alagados, pontes quebradas e muita lama. Em seguida, a partir da capital do Amazonas, os pilotos desafiarão um trecho de 1.500 quilômetros pelo Alto Solimões, sem estradas e permeado por uma densa floresta, até Tabatinga. Depois de atravessar a fronteira com o Peru, subirão as montanhas até chegar à nascente do Rio Amazonas no Nevado Mismi.

Para encarar este grande desafio os pilotos utilizam cinco modelos BMW F 800 GS, cedidos pela BMW Motorrad do Brasil. Com 85 hp de potência e construídas para uso misto, as motocicletas estão preparadas para oferecer conforto para a longa viagem e robustez para os mais difíceis trechos off-road.



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.